2 maio 2008 - 20h54

Torcedores devem cuidar com os ingressos adulterados

O sucesso do plano Sócio Furacão e o novo formato de venda de ingressos adotado pela diretoria atleticana, além de beneficiar os torcedores, serviram também para diminuir e dificultar a ação dos cambistas. Mas com os problemas enfrentados para conseguir ingressos na bilheteria, os cambistas resolveram encontrar uma nova forma para ganhar dinheiro. Além de prejudicar o clube, os comerciantes ilegais passaram a vender bilhetes adulterados, prejudicando diretamente os torcedores.

Em entrevista concedida ao site oficial do clube, o coordenador de segurança do Atlético, Péricles Souza, relatou que os cambistas estão adquirindo meios-ingressos e adulterando o bilhete, transformando em ingresso inteiro. "Temos tecnologia de primeiro mundo e um meio-ingresso não passa na catraca de ingresso inteiro. Nesse momento identificamos o ingresso adulterado", explica.

Os torcedores que tentarem entrar no estádio com ingressos alterados serão barrados e não poderão acompanhar a partida.

Para evitar este transtorno, a diretoria atleticana pede para que os torcedores evitem comprar ingressos de cambistas. Além disso, a partir do próximo jogo do furacão na Arena, os torcedores que forem comprar mais de um meio-ingresso terão que apresentar o RG e informar o telefone das pessoas que forem utilizar o bilhete.



Últimas Notícias