4 maio 2008 - 18h28

Ney Franco revela frustração pela perda do título

Após vencer o Coritiba por 2 a 1, mas não ficar com o título do Paranaense 2008, o técnico do Atlético, Ney Franco, parabenizou a torcida, que lotou a Arena e incentivou o time durante os 90 minutos. O treinador analisou a partida, parabenizou o adversário e falou sobre o futuro no comando do Atlético, no Brasileiro e na Copa Sul-Americana.

Confira abaixo a entrevista coletiva do técnico Ney Franco:

SUBSTITUIÇÕES
“No momento que nós estávamos bem, o jogo estava equilibrado. As substituições que eu fiz não surtiram efeito, e a equipe ficou até fragilizada.”

ESCALAÇÃO
“Foi a formação que encontramos durante a semana. Desde que terminamos aquele primeiro jogo contra o Coritiba, já tínhamos na cabeça colocar a equipe com dois atacantes. Trouxe o Netinho para jogar no meio, que é a posição dele, e o Léo Medeiros na ala-esquerda. O jogo foi muito equilibrado, fomos felizes na escalação, que era a melhor opção que a gente tinha”.

TORCIDA
“É a primeira vez que vejo o torcedor avaliar o resultado final e ver que a equipe lutou o tempo tudo. A torcida lutou o tempo todo do nosso lado. Nossa torcida se mobilizou, foi emocionante quando saímos do CT, muita gente nos acompanhou. A festa dentro do estádio também foi bonita. Nos deixa frustrados não poder dar o título a essa torcida”.

FUTURO
“Esse jogo nos da uma base para iniciarmos o Campeonato Brasileiro. Minha vontade é continuar no Atlético Paranaense, e quem sabe no futuro no Brasileiro ou na Sul-Americana obter algo melhor. Tenho também que parabenizar o Coritiba pelo título”.

PROPOSTA DO ATLÉTICO MINEIRO
"Só saio do Atlético se o clube quiser. Tenho contrato até o final do ano e o meu desejo é cumpri-lo".



Últimas Notícias