10 maio 2008 - 22h32

Atlético é o sétimo na era dos pontos corridos

O time do Atlético inicia neste domingo a sua 29ª participação na elite do futebol nacional. O objetivo do time na competição é ousado: repetir o feito de 2001, quando conquistou o título do Brasileirão. Como trunfo, o Furacão tem a experiência em competições com o sistema de disputa em pontos corridos – dos 20 clubes que participam este ano da série A do Brasileirão, apenas dez participaram de todas as edições com essa fórmula.

Em 28 participações na série A do Brasileiro, o Furacão já disputou 684 partidas, com 945 gols assinalados. Os principais artilheiros do clube na competição são jogadores que recentemente vestiram a camisa rubro-negra: Kleber, com 49 gols (disputou quatro Brasileiros pelo Atlético), Alex Mineiro, com 36 gols (jogou quatro edições do Brasileirão pelo Atlético) e Washington, com 34 gols (disputou um Brasileiro pelo clube, em 2004), até aqui o recordista em gols em uma única edição do torneio.

Este ano, o Campeonato Brasileiro entra em sua sexta edição na fórmula de pontos corridos. Com esse sistema de disputa, o Atlético teve a sua melhor participação em 2004, quando terminou na segunda colocação. Somando-se os seis anos com esse sistema de competição, o Atlético soma até aqui 310 pontos, ocupando a sétima colocação no ranking geral do Brasileiro por pontos corridos. Em 2008, o Furacão certamente melhorará de colocação, pois irá ultrapassar com certeza o Corinthians, que soma um ponto a mais no ranking, mas disputa a série B nesta temporada.

Confira o ranking completo das seis edições do Campeonato Brasileiro por pontos corridos:

Colaboração: André Silvestre e Site Oficial do Atlético



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Planejamento 2020

É com grande tristeza que venho neste canal fazer uma reclamação do clube depois de dois anos maravilhosos. Infelizmente não estamos exercendo o papel de…

Brasileiro

Decepção. Pressão

No confronto direto para se afastar da zona de rebaixamento, resultado ruim, mais uma vez, para o Athletico. O time de Eduardo Barros não vence…