15 maio 2008 - 0h22

Recorde de público paranaense comemora 25 anos

“Lutamos, chegamos perto, mas não conseguimos. Mas agora acho que ninguém pode negar: o Atlético é um grande time. O futebol tem dessas coisas. Por um gol ficamos de fora da decisão e da Taça Libertadores”. O depoimento do lateral-direita Sotter resume a sensação de todos os atleticanos após aquela partida entre Atlético e Flamengo, no Couto Pereira, em 15 de maio de 1983.

Era um misto de sensação de dever cumprido com frustração. Afinal, faltou um gol, um golzinho para a então inédita final do Campeonato Brasileiro. Sonho esse realizado 18 anos depois, quando o Furacão eliminou o Fluminense na semifinal e chegou à grande decisão contra o São Caetano, conquistando o seu primeiro título da primeira divisão. Antes disso, o Rubro-negro conquistou a Série B, em 1995, e a Seletiva, em 1999.

Hoje, 15 de maio, faz 25 anos desse histórico jogo, pelas semifinais do Campeonato Brasileiro. O ano de 1983 ficará eternamente marcado na história do Clube Atlético Paranaense, como a primeira vez que o clube mostrava a todo o país a força do Furacão. A história dessa partida no Couto Pereira, com 67.391 espectadores, maior público da história do futebol paranaense, foi relembrada no ano passado em uma reportagem especial elaborada pela jornalista Patricia Bahr, da Furacao.com. A brilhante campanha do Atlético no Brasileirão de 83, o jogo e a torcida são alguns dos destaques da reportagem. Relembre os capítulos dessa história fantástica:

Por um golzinho
Brasileiro de 1983: Uma campanha histórica
O maior público da história do futebol paranaense



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…