21 maio 2008 - 14h03

Roberto Fernandes deixa Náutico com 57,6% de aproveitamento

Ao se despedir do Náutico depois de 324 dias no comando do clube, o técnico Roberto Fernandes deixa o clube pernambucano como um dos líderes do Campeonato Brasileiro, com duas vitórias consecutivas na largada da competição. Ao todo, ele comandou o clube em 59 jogos oficiais, acumulando desempenho de 57,62% dos pontos disputador, com 31 vitórias, 9 empates e 19 derrotas – aproveitamento inferior ao de seu antecessor no Atlético, Ney Franco (clique aqui para saber mais).

Uma das características do Náutico de Roberto Fernandes era o forte potencial ofensivo, tendo marcado 121 gols em 59 partidas, com a expressiva média de 2,05 gols por partida, e sofrido 70 (média de 1,71 gol/jogo). No ano passado, o Náutico terminou o Brasileiro com o segundo melhor ataque, atrás apenas do Cruzeiro.

Este ano, no Campeonato Pernambucano, Fernandes levou o Náutico ao vice-campeonato (o campeão foi o Sport), garantindo vaga na Copa do Brasil 2009. Sua mais expressiva façanha no clube, entretanto, foi a de comandar a reação no Brasileiro do ano passado, tirando o Náutico das últimas colocações e garantindo o time na elite do futebol brasileiro nesta temporada.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…