22 maio 2008 - 9h04

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Atlético faz negócio das Arábias
Tanta pompa provoca alguns questionamentos sobre a negociação: tratou-se somente da busca por um (futuro) reforço técnico ou é a abertura para parcerias, em outros campos, com o chamado “mundo árabe”? Motivos concretos para isso não faltam, como a conclusão da Arena e novos patrocinadores para o estádio, a camisa e o CT do Caju.

 

Novo estilo de técnico no Atlético
A cobrança de Fernandes tem explicação. Para ele, um clube como o Atlético não pode pensar em outra meta se não brigar por títulos, nacionais e internacionais. “Toda conquista garante mais expectativa e mais responsabilidade. O Atlético, nos últimos anos, foi campeão brasileiro, vice brasileiro e vice da Libertadores. Repetir esse desempenho é a expectativa do torcedor”, aponta.

 

Fernandes pede reforços e fala em dispensas
“Quem acompanha meu trabalho sabe que gosto de equipes ofensivas. No Náutico, tivemos o segundo melhor ataque da competição. Mas, é claro, vamos analisar primeiro o que temos. Não adianta ser ofensivo sem equilíbrio. O Atlético tem jogado com três zagueiros e dois volantes. Pode ser que eu jogue num 4-4-2. Ou mesmo mantenha os três zagueiros, mas com um só volante, e outro que saia mais pro jogo. Mas tudo é ainda muito precoce”, explicou.

 

Roberto Fernandes chega ao Furacão pedindo reforços
Roberto Fernandes foi apresentado nesta quarta-feira à tarde no Atlético Paranaense e já começa a pensar na equipe que colocará em campo domingo para encarar o Galo, na Arena da Baixada, mas na chegada ao clube, o treinador já admitiu que indicou reforços para a direção rubro-negra.

 

No comando rubro-negro
Roberto Fernandes foi apresentado ontem à tarde no Atlético e já começa a pensar na equipe que colocará em campo domingo para encarar o Galo, na Arena da Baixada, mas na chegada ao clube, o treinador já admitiu que indicou reforços para a direção rubro-negra.

 


Últimas Notícias