25 maio 2008 - 22h18

Roberto Fernandes não ficou satisfeito com o empate

O novo treinador atleticano, Roberto Fernandes, que fez sua estréia na noite deste domingo, no empate por 1 a 1 contra o Atlético Mineiro, deixou o gramado insatisfeito com o resultado conquistado pela equipe. Apesar do ponto conquistado, Roberto Fernandes acredita que a equipe ainda pode render muito mais. "Jogando em casa, quando o juiz apita você já está perdendo. O resultado ainda não me deixou satisfeito, mas por outro lado o Atlético não perdeu posição, está em quinto, sozinho. Então eu estou satisfeito por não ter perdido posições, mas não estou satisfeito com o resultado de hoje", avaliou o treinador. Ainda assim, Fernandes admitiu que ficou feliz com a vontade dos atletas em buscar o resultado. "Não fiquei satisfeito, mas o que me deixou mais tranqüilo foi que a falta de vitória não foi por falta de criação, mas tem dias que a bola não entra", disse.

Roberto Fernandes chegou no início da semana e, em apenas três treinamentos, fez algumas mudanças na equipe para seu primeiro jogo como técnico do Furacão. Dentro de campo, estas mudanças mostraram como o entrosamento é importante e faltou em alguns momentos do jogo desta noite. "O resultado depende da evolução dos trabalhos da semana e da confiança do grupo. Hoje concordamos com uma postura da equipe, mas junto com essa mudança não veio o entrosamento", considerou. Para Fernandes, a falta de entrosamento ficou clara com a mudança tática. "Faz tempo que o Atlético não joga com dois zagueiros e este resultado é o preço que se paga pela questão do entrosamento", afirmou.

A entrada do atacante Choco na equipe causou estranheza a muitos que assistiam ao jogo, já que o atleta não estava sendo relacionado para as partidas sob o comando do técnico Ney Franco. Segundo Fernandes, o atacante foi observado durante os primeiros dias de seu trabalho e chamado para voltar ao grupo principal. "Observamos ele em dois trabalhos e, com isso, vi que ele poderia ser útil nesta partida. Fiz a convocação e ele entrou em uma condição satisfatória", disse.

Quem também estava fora da equipe e retornou nesta partida foi o volante Chico. O jogador figurou no banco de reservas em algumas rodadas, mas não estava sendo aproveitado por Franco. Na partida desta noite, o jogador foi escalado como titular no lugar de Leandro Bambu, mas acabou mudando de posição durante a partida, quando Fernandes sacou Piauí do jogo. "O atleta teve uma postura com uma característica mais ofensiva. Depois, ele passou a jogar no lugar do Piauí para não perder a bola aérea. Se eu começasse a baixar a minha estatura, o trabalho ia por água baixo. Já tínhamos passado por uma bobeira que em uma Série A não deve acontecer", explicou o treinador.

E satisfeito com a atuação de Chico, Fernandes já avisou que o jogador pode ser a opção para a equipe frente ao Palmeiras, no lugar do capitão Alan Bahia, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática. "Temos uma semana pela frente e vamos trabalhar com todas as possibilidades. Gostei da entrada do Chicão [sic], que é de origem volante, e com a suspensão do Bahia, pode ser uma opção", revelou o técnico.

Torcida encantou

Em três rodadas do Campeonato Brasileiro, esta foi a segunda partida do Furacão na Arena da Baixada. Mas tanto contra São Paulo quanto contra o Atlético Mineiro a equipe não conseguiu vencer. Para Roberto Fernandes, estes resultados terão que mudar daqui para frente. "Eu vi hoje uma das torcidas mais maravilhosas. Não se pode nunca frustrar, jogando aqui, a expectativa dessa torcida", disse. Para resolver o problema, Fernandes prometeu uma equipe mais ofensiva nas próximas rodadas. "Com a evolução do trabalho vamos ter uma equipe mais agressiva, mas por enquanto foi muito pouco tempo de trabalho", finalizou.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…