29 maio 2008 - 7h51

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Sócios avançam, mas Atlético aguarda lucro
Posicionado no canto superior do site oficial do Atlético, o “placar” dos Sócios Furacão é muito mais significativo do que parecem aquelas duas pequenas barras em vermelho. Com os dois números exibidos na internet – que revelam a quantidade de associados e cadeiras – é possível tratar do presente e, principalmente, do futuro do Rubro-Negro.

 

Atlético muda para o jogo de domingo
Um novo Atlético pode entrar em campo no próximo domingo, para enfrentar o Palmeiras. O técnico Roberto Fernandes não gostou nada do rendimento da equipe no empate com o Atlético-MG e já avisou que pretende mexer na estrutura tática do Furacão.

 

Fernandes sai em defesa do armador do Atlético
Netinho, responsável pela armação das jogadas ofensivas do Atlético, está jogando no sacrifício. O fato foi revelado pelo técnico Roberto Fernandes, que saiu em defesa do atleta de 24 anos. “Ele é um atleta diferenciado”, declarou. “Desde as finais do estadual ele vem treinando numa carga bem abaixo dos demais, por causa de uma lesão na região do púbis”, disse.

 

Poucas finalizações preocupam o Atlético-PR
Fazer o Atlético Paranaense finalizar mais. Esta é a principal meta do técnico do Furacão, Roberto Fernandes, já para a partida contra o Palmeiras, domingo, às 18h10min (de Brasília), no Palestra Itália. Para o treinador, a equipe precisa mudar a postura, já que contra o Atlético Mineiro, no último domingo, a equipe pouco criou.

 

Ataque atleticano preocupa Fernandes
Ostentando a média de um gol por jogo no Brasileirão, o Atlético segue com o ataque indefinido para enfrentar o Palmeiras, no domingo, em São Paulo. Insatisfeito com a produção ofensiva da equipe, o técnico Roberto Fernandes confirma apenas a manutenção de Marcelo Ramos no setor, mas ainda não definiu quem será seu companheiro no ataque. Wallyson e Rogerinho são as principais opções, com o primeiro levando vantagem devido à boa atuação no empate com o Atlético Mineiro.

 

PÉS DESAFINADOS
Fazer o Atlético Paranaense finalizar mais. Esta é a principal meta do técnico do Furacão, Roberto Fernandes, já para a partida contra o Palmeiras, domingo, às 18h10, no Palestra Itália. Para o treinador, a equipe precisa mudar a postura, já que contra o Atlético Mineiro, no último domingo, a equipe pouco criou.

 


Últimas Notícias