6 jun 2008 - 15h25

Atlético negocia com atacante da seleção boliviana sub-17

O jovem atacante boliviano Sebastián Molina, de 17 anos, pode desembarcar no CT do Caju nos próximos dias. De acordo com o portal Facetas Deportivas, Molina está prestes a assinar contrato com o Atlético. O jogador vem sendo observado pelo Rubro-Negro há bastante tempo. No ano passado, ele passou por um período de treinamentos no PSTC, clube parceiro do Atlético (clique aqui para saber mais).

Sebastián Molina joga no Guabirá, que ocupa atualmente a nona colocação do Campeonato Boliviano. Nesta temporada, ele foi titular em seis partidas e participou de outros dois jogos entrando no decorrer da partida, tendo marcado dois gols. Ele já defendeu também a seleção boliviana sub-17.

A princípio, Molina viria para reforçar as categorias de base do Atlético. Como completará 18 anos em novembro, ele ainda tem idade para atuar no time de juniores. Mesmo assim, o jogador seria observado pelo técnico Roberto Fernandes e poderia receber uma chance no time principal. Vale lembrar, porém, que ele só teria condições de disputar uma partida oficial pela equipe profissional a partir de agosto, na janela para transferência de jogadores oriundos do exterior.

Em entrevista ao Facetas Deportivas, Molina demonstrou entusiasmo com a possibilidade de vestir a camisa rubro-negra. "Tenho trabalhado para ir ao Atlético Paranaense, vou para ser reserva e terei que ganhar meu espaço no time titular. Só estou esperando que me avisem o dia que tenho que viajar", declarou o atacante, adotando um tom de certeza de que a negociação será confirmada. Ele inclusive já faltou aos treinamentos do time porque está aguardando a data de viagem para o Brasil.

O presidente do Guabirá, Tuffí Aré, tentou renovar o contrato do atacante, mas o pai de Molina pediu um aumento substancial, o que encerrou as chances de ele permanecer no time boliviano. "Tivemos uma reunião com o pai de Sebastián, mas ele nos pediu um aumento de dez vezes no salário do jogador. Nós não estamos em condições econômicas de aceitar essa proposta, o que podemos fazer é dobrar o salário", disse o presidente do clube.

O pai do jogador alega que existe uma cláusula no contrato de Molina com o Guabirá que libera o jogador caso ele seja transferido para jogar no exterior. De acordo com a imprensa boliviana, além do Atlético, clubes como Universidad Católica, Cruzeiro e América do México sondaram a contratação do jogador.

Carreira

Sebastián Molina começou a sua carreira na escola de futebol El Semillero, estabelecida na cidade de Santa Cruz, na Bolívia. Esta escola foi criada com o objetivo de formar atletas para negociá-los com equipes profissionais e tem participado com destaque em torneios de categorias de base, tanto na Bolívia quanto no exterior.

Em 2007, o Semillero foi campeão da Copa Rosario, na Argentina, e Molina foi o artilheiro, com sete gols em seis partidas. Logo depois, disputou o Sul-Americano Sub-17 realizado no Equador, defendendo a seleção boliviana. Ainda no ano passado, ele passou um período no PSTC, clube parceiro do Atlético. Voltou à Bolívia no início deste ano para jogar pela primeira vez no profissional, emprestado ao Guabirá.

Ficha técnica
Nome completo: Sebastián Yery Molina Ribera
Posição: meia e atacante
Local de nascimento: Santa Cruz (Bolívia)
Data de nascimento: 20/11/1990
Altura: 1.72 m – Peso: 70 kg
Onde atuou: El Semillero (categorias de base), seleção boliviana sub-16, PSTC e Deportivo Guabirá-BOL



Últimas Notícias