9 ago 2009 - 14h04

Patrick: “Estou muito feliz”

O dia 08 de agosto nunca mais sairá da cabeça do atacante Patrick. Aos 18 anos de idade, ele assinalou o seu primeiro gol como profissional no Atlético Paranaense, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, sábado, no Engenhão. O momento tão especial foi resumido pelo jogador em poucas palavras: “dei apenas um toquinho de cabeça na bola e fui feliz”, disse.

Segundo Patrick, antes mesmo da partida ele pressentiu que faria um gol no Engenhão. “Os jogadores gostam de orar antes das partidas. Na minha oração eu senti uma coisa muito forte. Cheguei a chorar na hora. Eu sabia que iria fazer um gol”, revelou. “É um momento muito feliz na minha vida. Estou muito feliz”, completou.

Contra o Botafogo, foi apenas o terceiro jogo de Patrick como titular no Brasileirão (ele também começou os jogos contra Atlético-MG e Sport). Ele também entrou no decorrer dos jogos em outras oito oportunidades (contra Náutico, Flamengo, Grêmio, Internacional, Santo André, Santos, Goiás e Cruzeiro). Segundo o técnico Antonio Lopes, a opção por Patrick foi devido às características do jogador. “Pelo o que eu vi no jogo contra o Cruzeiro, o Patrick tem uma característica que precisávamos para esse jogo. Todo o time precisa de um jogador referência, que saiba jogar de costas para a zaga e que protege bem a bola. O Wallyson é mais um segundo atacante, já o Patrick sabe jogar melhor de costas, por isso a opção”, explicou Lopes.

Carreira

Patrick Leonardo Carneiro da Silva completa 19 anos no próximo dia 23 de agosto. O jogador foi promovido este ano para o time profissional do Atlético, após se destacar na campanha vice-campeã do Furacão na Copa São Paulo de Juniores. Ele marcou quatro gols na competição (inclusive o único gol atleticano na final contra o Corinthians, quando o time perdeu por 2 a 1) e foi artilheiro do Rubro-Negro em várias competições das categorias juvenil e júnior.

No final de junho, ele voltou ao time de Juniores para a disputa da final da Copa Tribuna, conquistando o título para o Furacão sobre o Coritiba.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…