23 ago 2009 - 20h14

Lopes destaca dedicação e garra do time

Um time de guerreiros dedicados. Esse foi o resumo do técnico Antônio Lopes para o jogo deste domingo, contra o São Paulo, quando o Atlético venceu por 1 a 0 e quebrou a série invicta da equipe paulista.

Lopes gostou muito do comportamento atleticano no início da partida, quando jogou com inteligência, sabendo marcar o São Paulo e atacar com precisão. A melhor chance atleticana saiu aos 12 minutos: Marcinho recebeu a bola na grande área, cara a cara com Rogério Ceni, mas errou no domínio e permitiu a defesa do goleiro.

Depois, o São Paulo conseguiu equilibrar o jogo e teve uma boa oportunidade com Dagoberto. Na etapa final, o jogo ficou mais equilibrado e num detalhe Paulo Baier marcou o gol que garantiu a vitória atleticana.

“Nós fizemos 30 minutos de excepcional futebol. O São Paulo não fez nada no começo do jogo. Passamos a perder a segunda bola e isso estava facilitando para eles. O São Paulo foi melhor nos 15 finais e chegou mais e como perdemos o meio-campo. Trabalhamos no intervalo e conseguimos ter mais volume no segundo tempo. No final equilibramos as ações e o gol saiu pela dedicação e garra deste time”, resumiu Lopes ao ser perguntado como analisava o jogo.

O treinador também elogiou o sistema defensivo, em especial o trio de zagueiros formado por Manoel e os improvisados Chico e Fransérgio. “”O trio de zagueiros fez boa partda. O sistema defensivo todo foi bem. Ele entrou bem e é um jogador que já foi zagueiro e já foi volante. É um jogador que marca bem e ele foi o que melhor se apresentou. Ele foi bem nos treinos e mereceu a vaga”, disse.

Com a semana toda para os trabalhos (o próximo jogo será apenas no sábado, contra o Náutico), o elenco atleticano ganha folga nesta segunda-feira e se reapresenta na terça. Na quinta-feira o time viaja para o Recife.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…