O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
15 set 2009 - 22h19

Meu Deus! Até quando?

Meu Deus! Volto a ver meu Atlético nas mãos desse inábil e turrão escalador de jogadores (não é técnico). Vocês lembram da última passagem dele por aqui? Saiu porque empatamos com o Figueirense na Baixada 0 x 0, com aquela bestialidade do Dinei perdendo gols debaixo da trave, sem goleiro; em muitos jogos, com seu físico de pernilongo desnutrido, muito parecido com Wesley, que não consegue livrar-se da bola (por isso não passa, não consegue chutar).

Meu Deus! O Dinei de hoje atende pela alcunha de Marcinho, pois até hoje não vi nada pior (nem Zulu) em nosso time. Porém, jamais sairá de campo enquanto tivermos esse técnico horrível na lateral dos gramados (imagine que deu ordem de prisão ao auxiliar de arbitragem, esqueceu que está aposentado e reside em Curitiba). Aqueles resultados contra o Flu, Cruzeiro e Botafogo foram acasos e entusiasmo pela troca do W. Lesma, não há mérito do Delegado (deveria estar em alguma DP do Rio e não por aqui).

Meu Deus! Esse goleiro é simplesmente ridículo, não preciso nem discorrer sobre isso, mas vamos lembrar algumas lambanças desse mercenário: 2 gols contra o Náutico e o ‘peru’, domingo, contra o Galo; ou bola entre a risca da pequena área e a linha do gol não é mais alçada de goleiros? Afinal, o Renteria cabeceou dentro de nossa meta.

Meu Deus! Chega de sofrermos com tanta incompetência: Marcinho, Wesley, Galatto só servem para chegarmos rapidamente à Série B. Vamos lembrar da firmeza, segurança e rapidez para sair jogando do garoto Neto (esse sim, goleiraço) contra o Barueri; acho que o Delegado estava dormindo na hora desse jogo, pois não é possível insistir com esse frangueiro Galatto (ou Frangatto?). Tolerância tem limites, já estamos cansados de sermos roubados por inúmeros juizes (nada da Diretoria reclamar ou falar), burrices de escalações e substituições (autonomia total ao Sr. Lopes) e cadê nossos pratas da casa (Bruno Costa, Ronaldo, Willian, Santos, Raul, Patrick – esse entrou quando a vaca já estava no brejo no Mineirão)?

Meu Deus! Avisem esse arremedo de técnico que a camisa rubro-negra só se veste por amor. Tenho certeza que ele não sabe disso.

Meu Deus! Pagamos R$ 400.000,00 a mais por mês para recontratar Netinho? Será que temos caras de idiotas? Chega de palhaçadas!

Meu Deus! Ainda sou e serei atleticano.

(Até quando?)



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…