18 out 2009 - 20h49

Atlético vence Santo André em festa na Baixada

O Furacão venceu o Santo André por 3 a 0 neste domingo na Arena da Baixada, com gols de Paulo Baier, Marcel contra e Marcinho. Com o resultado, o time do técnico Antônio Lopes chega aos 39 pontos, continuando na 14ª colocação, porém cada vez mais próximo de garantir matematicamente a permanência na série A.

Primeiro tempo todo atleticano

O Atlético teve total domínio da partida no primeiro tempo, enquanto que o time do Santo André arriscava com perigosos chutes de longe do veterano Marcelinho Carioca, sendo que dois destes passaram rente à meta defendida por Galatto.

No intervalo de cinco minutos, entre 10 e 15, o Atlético teve três boas chances para abrir o placar, porém Nei e Wallyson acabaram mandando por cima do gol de Neneca, enquanto que Paulo Baier bateu fraco, para fácil defesa do goleiro andreense. Aos 26 minutos Wallyson foi derrubado perto da área do time paulista. Em bela cobrança da falta Baier fez 1 a 0, para delírio da torcida atleticana. Dois minutos depois, Alex Sandro invadiu a área pela esquerda e cruzou para Alex Mineiro, mas ao tentar cortar a bola o zagueiro Marcel acabou mandando para o próprio patrimônio.

Após abrir vantagem de dois gols, o Atlético chamou o Santo André para seu campo defensivo, com o objetivo de usar o contra-ataque para marcar o terceiro gol, mas a equipe paulista pouco produziu, enquanto que o Furacão não aproveitou as poucas chances que teve até o final da primeira etapa.

Marcinho entra e decide a partida

Ao voltar para o segundo tempo, o Atlético criou a primeira chance de ataque, com Wesley aos dois minutos. Entretanto, o Santo André foi quem pressionou nos primeiros dez minutos da etapa complementar. Ao tomar novamente a iniciativa do jogo, a equipe rubro-negra desperdiçou uma bela chance de contra-ataque aos 14 minutos, novamente com Wesley. Porém três minutos depois Marcinho, que acabara de entrar no jogo, marcou de cabeça o terceiro gol. Logo depois Marcinho bateu cruzado e quase marcou o quarto. Alex Sandro, aos 22 minutos, também tentou, mas acabou errando. Aos 27 o Santo André quase marcou com Wanderley, que saiu na cara do gol, mas Galatto acabou efetuando ótima defesa.

Após promover a estreia do atacante Tiuí e colocar Netinho em campo, os comandados do delegado Lopes apenas administraram o resultado. A bela festa promovida pela torcida atleticana com sinalizadores acabou interrompendo a partida por três minutos, devido a pouca visibilidade em campo, mas nada que atrapalhasse a boa vitória atleticana. A equipe paulista pouco tentou fazer nos minutos finais, e foi esperar o apito final para que o Atlético confirmasse mais uma vitória neste Brasileirão.

Na próxima rodada o Atlético encara o Coritiba, no Couto Pereira. Uma vitória no clássico Atletiba pode selar matematicamente a permanência do Furacão na série A para 2010.

%ficha=736%



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…