29 dez 2009 - 23h13

Ocimar Bolicenho abre o jogo

O diretor de futebol do Clube Atlético Paranaense, Ocimar Bolicenho, concedeu uma entrevista à jornalista Nadja Mauad, na tarde desta terça-feira, para o programa CBN Esportes.

Entre os assuntos abordados Bolicenho falou do planejamento para 2010, comentou sobre a situação do atacante Rafael Moura, as contratações dos colombianos Samuel Vanegas e Jorge Serna, além das novidades para o elenco do Furacão na próxima temporada.

Acompanhe os principais trechos da entrevista de Ocimar Bolicenho para a jornalista Nadja Mauad:

Samuel Vanegas e Jorge Serna

“É importante dizer que estes jogadores foram muito bem estudados, houve a indicação deles através do Borba Filho, mas também uma verificação através do nosso auxiliar Leandro Niehues, que viajou para a Colômbia para acompanhar os dois jogos finais do campeonato colombiano. O Vanegas foi o capitão da equipe campeã, o Independiente, ou seja, tudo está sendo feito da melhor maneira possível para que nós tenhamos um mínimo de erro. Tudo está sendo preparado e estudado para que o Atlético tenha um elenco vencedor e não erre nas contratações na temporada de 2010.”

Wesley

”Nós estamos fazendo todos os esforços para termos o Wesley aqui novamente. Ele já declarou que quer voltar ao Atlético Paranaense e temos mantido contato diário com o Santos Futebol Clube, que ainda não nos deu a palavra definitiva sobre a situação dele (Wesley), nem que ele ficará no Santos ou que ele possa retornar ao Atlético. Mas nós ainda alimentamos a esperança que ele possa voltar.”

Bruno Mineiro

“Entre o atleta, o procurador e o Atlético Paranaense já está tudo certo, o que ocorre é que o jogador está preso ao América Mineiro com seus direitos federativos até o final do ano de 2010. Obviamente o América Mineiro está querendo ser ressarcido deste período que não vai poder contar com o atleta, mas o Atlético Paranaense já fez uma proposta ao América e está aguardando uma resposta desta proposta. Com certeza nos próximos dias deve ter uma decisão se chega um acordo com o América ou se isso vai tornar a transação impossível.”

Kléber Pereira e Marcão

“Não existe essa possibilidade. Nós agora com a vinda dos dois jogadores colombianos já completamos a nossa cota de experiência que queremos na equipe e estes dois jogadores estariam fora justamente por causa da idade que têm hoje.”

Rafael Moura

“O Rafael já foi comunicado que não faz parte dos nossos planos para 2010. Desde então estamos tentando achar uma colocação para ele, até porque é um atleta jovem com apenas 26 anos e precisa procurar o seu caminho, desenvolver o seu futebol em outra equipe”.

Pré temporada 2010

”Todo mundo se apresenta dia 04 de janeiro e só sai do CT do Caju no dia 30. Todos os atletas já foram avisados e deixaram as suas respectivas famílias nas suas cidades. Neste período estaremos em trabalho integral inclusive para um grupo de 28 jogadores como foi programado no início do planejamento. Trabalharemos forte para que tenhamos, no início de fevereiro, a equipe pronta para enfrentar a temporada de 2010.”

Negociação com o Atlético Goianiense

“É importante termos este espaço para esclarecer isso. O Elias vinha na transação do Antonio Carlos, que já era uma coisa até programada, mas o Elias não era uma prioridade do Clube Atlético Paranaense até porque ele atua na posição do Paulo Baier. o qual temos hoje como o grande ídolo da equipe. Como suplente dele temos o Netinho, que faz muito bem essa função, então o Elias não era uma prioridade. Mas como tudo isso ocorreu num momento onde não se tinham muitas notícias pareceu que o Atlético perdeu a transação, mas isso não é verdade. Não colocamos como prioridade a contratação do Elias, mas o Atlético ainda tem junto ao Atlético Goianiense a possibilidade de escolher um atleta para compensar o empréstimo gratuito do Antonio Carlos, inclusive subsidiando parte dos salários do jogador para a disputa da série B deste ano.”

Esperança para 2010

“O torcedor atleticano pode esperar um Atlético muito mais competitivo, brigando pelas primeiras posições e preparado para enfrentar uma grande temporada”.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…