6 jan 2010 - 18h21

Atlético perde para o Remo e se complica na Copa SP

O Atlético perdeu para o Remo e se complicou na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Furacão sofreu um gol nos acréscimos do segundo tempo e foi superado pela equipe paraense por 2 a 1, pela segunda rodada da competição.

O Remo, que precisava da vitória para continuar vivo na Copinha, abriu o placar aos 16 minutos de jogo. Em contra-ataque, Betinho tocou para o atacante Zé Inácio, que mandou para o fundo das redes. O Leão quase ampliou nove minutos depois. O goleiro Luciano fez duas defesas no mesmo lance e salvou o Furacão. O Atlético respondeu aos 32. O lateral-esquerda Héracles chutou com perigo e Lino, goleiro paraense, jogou a bola para escanteio.

O técnico Pedrinho Maradona promoveu duas alterações no intervalo e o Rubro-Negro partiu em busca do gol de empate já no início do segundo tempo. Aos três minutos, Harrison chutou com perigo e o goleiro fez a defesa. Na sequência, o zagueiro do Remo tirou a bola em cima da linha.

De tanto tentar, o Atlético marcou aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Diego Petri tocou de cabeça para Bruno Pires que, também de cabeça, mandou para o gol paraense.

Melhor em campo, o Rubro-Negro quase virou aos 25. Harrison chutou forte e a bola explodiu na trave. Aos 41, em cobrança de falta, o meia atleticano chutou na trave pela segunda vez. Porém, após perder várias chances, o Atlético sofreu o gol. Aos 47 minutos, Helanderson chutou forte, no ângulo do goleiro Luciano, e garantiu a vitória do Remo.

O Atlético enfrentou o Leão no esquema 4-4-2 com: Luciano; Edgar, Diego Petri, Bruno Pires e Héracles; Matheus (Guilherme), Danilo, Harrison e Bruno Pelissari (Vitor Esquerdinha); Bruno Furlan (Ramon) e Dennis.

A partida decisiva do Rubro-Negro contra o Paulínia acontece no próximo sábado, às 9h da manhã, no Estádio Municipal Luiz Perissinotto. Agora, além de vencer a equipe paulista, o Furacão precisa torcer contra o próprio Remo ou superá-lo nos critérios de desempate.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…