7 abr 2012 - 12h04

Torcedores avaliam primeiro trimestre do Furacão

Passados os três primeiros meses de futebol para o Atlético em 2012, a hora é de avaliação. Para isso, a Furacao.com perguntou a alguns torcedores as opiniões sobre o desempenho da equipe em campo, seja pelo Campeonato Paranaense e Copa do Brasil, além da atuação do técnico Juan Carrasco e jogadores que chegaram ou retornaram ao Rubro-Negro.

Acompanhe abaixo algumas opiniões dos torcedores, colhidas no grupo CAP no Facebook:

“A impressão que tenho é boa, temos um bom lateral direito, o Manoel vai muito bem na zaga, Gustavo é um bom reserva, talvez o Rafael tenha bola pra ser titular, ainda não tenho opinião formada sobre ele. Um bom meio-campo com Deivid, Zezinho e Ligüera como titulares e Alan Bahia, R. Foguinho, R. Teixeira, Paulo Baier e Harrison no banco. O ataque também tem me deixado parcialmente satisfeito, Ricardinho e Guerrón pelas pontas vem rendendo bem. Acho que precisamos de um centro avante titular, um lateral esquerdo que se adapte melhor ao esquema do Carrasco, já que na minha opinião o Héracles é bom jogador, só que nesse esquema ele não tem rendido o esperado. Acho que o goleiro é a posição mais carente, gosto do Rodolfo, mas não sei se confio nele pra temporada inteira, já os reservas, nenhum me agrada, a não ser que o Hugo mande bem, pois sobre este não tenho como afirmar nada. O Carrasco tem se mostrado um dos melhores técnicos dos últimos anos, pois tem o grupo nas mãos, joga quem ele acha que rende melhor e o resultado em campo tem aparecido”. (Rafael Henrique Omodei)

“Não há duvidas que o time precisa de um matador. O time está criando bem as oportunidades mas não tem um cara para transformar isso em gol. Quem sabe o Morro, mas não agora, Temos um bom meio campo e uma boa defesa, e finalmente achamos um técnico ideal”. (Lucas Marfut Henning)

“Depois de vários anos sofrendo, está sendo resgatado o espírito Furacão de jogar. Mas ainda precisamos de um matador ao estilo Coração Valente”. (Allan Di Domenico)

“Gostei da postura do time, nesse primeiro trimestre. Não é um super time, ainda falta muito, precisamos de dois ou três jogadores mais experientes, até porque na Série B não teremos Iraty, Roma, Paranavaí e cia. Mas estamos no caminho certo. O treinador ganhou o grupo, conseguiu agregar jogadores que não estavam em sintonia e os jogadores estão lutando por seu espaço no time”. (Alessandro Leal)

“Apesar das limitações, finalmente temos um time que joga bola! Anos e anos sobrevivendo de bola parada resultaram no fracasso ano passado. Carrasco é o grande responsável por isso, põe o time pra frente, num esquema tático ousado. Fez e vai continuar fazendo algumas invenções estranhas, mas tem crédito pq conseguiu fazer um elenco desacreditado jogar futebol e resgatou as esperanças no olhar atleticano. As gratas surpresas foram a garotada da base, voltando depois de um período de empréstimos ou não. Ricardinho, Furlan, Edigar, Harrison, bons jogadores. O que parecia um ano sombrio, ganhou pontos positivos com o time ganhando e jogando bem. Estamos com grandes chances de faturar o Estadual com o que temos hoje e com dois ou três reforços de qualidade nosso principal objetivo do ano deve ser atingido, que é voltar à elite do futebol nacional”. (Marcos Tavares)

“Está sendo formado um elenco forte pra Série B, que é o foco, mas precisa de alguns reforços pontuais, como aquele centroavante matador. No Paranaense, apesar de alguns tropeços, está otimo, já garantido na final, e brigando pra ganhar o segundo turno. Na Copa do Brasil, o Atlético nunca foi muito forte nela, mas por ser mata-mata pode ir longe. Carrasco: inventa, comete alguns erros, mas vem sendo aprovado fora isso, não espera para trocar o time no segundo tempo, é um ponto forte. Sobre o time, o Zezinho vem se saindo muito bem, esse Rafael Schmitz pegando ritmo de jogo pode ser bacana na zaga, Gabriel Marques e Ligüera dois acertos, Renan Teixeira é razoavel. Ricardinho, Furlan, Harrison, Edgar estao sendo boas surpresas, Bruno Mineiro começou bem e voltou ao normal. Alan Bahia pode ser importante”. (Dyonathan Nicolas Lavall Bianchi)

“O time surpreende positivamente. Após um 2011 desastroso, uma equipe com uma filosofia ofensiva, e um técnico “fora dos padrões” animam a torcida. Jogadores, como Ricardinho e Furlan, que estavam emprestados, voltaram e são importantes nesse elenco reformulado. No Paranaense, sem maiores dificuldades, rumaremos ao título. Já na Copa do Brasil, uma classificaçào praticamente garantida às oitavas mostra que podemos surpreender”. (Orlando Wozniak de Lima Nogueira)

“O time desse ano está muito diferente da equipe do ano passado, está jogando muito mais ofensivo que é a filosofia do Carrasco que está dando certo, mas é o elenco necessário pro Paranaense, vem jogando bem que é obrigação contra times de Série D, ou menos. Agora precisamos nos reforçar um pouco mais pra Série B, o necessário pra subir, e investir de verdade no time no ano que vem!” (Felipe Alexandre Grego)

“O Carrasco fez ressurgir o furacão, time que dá gosto de ver jogar, pra frente! Os números demonstram a boa campanha do CAP até agora no trimestre, faltando somente algumas contratações, como um zagueiro titular no lugar do Gustavo, um lateral direito e ainda um centro avante matador. De negativo, nosso presidente, que talvez por causa de sua arrogância faça os torcedores terem que se deslocar até Joinville para ver jogo do Furacão”. (Luiz Gustavo Zen)

“Vejo pouquíssimos pontos negativos esse ano. A equipe é muito boa, e com um técnico que joga pra frente e preza pela coletividade, serão raras as partidas que seremos dominados ou jogaremos mal esse ano. Jogadores emprestados voltaram, e a equipe hoje já não é mais aquela de jogadores emprestados, que caíram e hoje estão em outros clubes, nem ligando pra nossa situação. São todos jogadores dedicados, motivados e prontos pra subir. Devemos ser campeões paranaenses, convencendo, sim! A Copa do Brasil também me anima, com esse time podemos ir longe, e no Brasileirão espero uma campanha muito boa”. (Marcelo Arthur de Oliveira Loureiro)

“Depois de muito tempo, temos o nosso técnico. Contrato de cinco anos já com o Carrasco. Estamos jogando como Atlético finalmente. Com contratações pontuais, esse time vai voar no resto do ano”. (Daniel Lopes Pinelli)

“O time tem agradado, a postura é ofensiva e corajosa, faltam algumas contratações mas o balanço é positivo. A grande virtude deste Atlético é a sinergia que vem ocorrendo entre os jogadores e o treinador”. (Thiago Gogola)

” ‘Um novo Furacão’. É o que o torcedor atleticano está podendo notar nos últimos jogos, mas não falo só por causa dos novos jogadores do time, inclusive a maioria deles criados no clube, mas falo pela nova maneira de jogar, o estilo ofensivo do treinador Carrasco, um estilo ofensivo que nos faz lembrar dos melhores times rubro-negros que vimos jogar nos últimos anos e que tem tudo para ajudar o nosso Atlético a levar a taça do Paranaense para casa, e quem sabe a da Copa do Brasil e da Série B também”. (Caio Nedopetalski)



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…