12 abr 2012 - 21h19

Furacão goleia o Criciúma e avança na Copa do Brasil

Jogando diante de sua torcida, o Atlético iniciou a partida decisiva contra o Criciúma com uma formação bastante ofensiva. O único volante de ofício escalado por Carrasco foi Renan Foguinho que, na verdade, atuou como zagueiro, ao lado de Manoel. Na meia cancha, Zezinho, Ligüera e Paulo Baier ficaram responsáveis por municiar o ataque, formado por Guerrón, Edigar Junio e Marcinho.

Porém, logo no início do jogo, em uma bobeira do setor defensivo, Gilmar abriu o placar para a equipe catarinense. O susto acordou o Furacão que, a patir de então, foi arrasador. O empate saiu logo em seguida, aos 3 minutos, dos pés de Guerrón. O camisa 7 recebeu de Ligüera e bateu forte para igualar o placar.

O Tigre ainda tentou reagir, chegando com perigo aos 12 minutos, para grande defesa de Vinicius. Mas o Rubro-Negro contava com uma noite inspirada dos gringos Ligüera e Guerrón. Aos 13 minutos, o equatoriano recebeu belo passe de Zezinho e, com categoria, tocou por cima do goleiro para marcar o gol da virada. Mantendo o ritmo, o Atlético continuou atacando e, aos 18 minutos, o uruguaio sofreu pênalti, cobrado e convertido por Guerrón. Mesmo com o placar favorável e a classificação encaminhada, o Furacão manteve o ímpeto ofensivo e chegou com perigo, desperdiçando algumas oportunidades de ampliar o placar.

O segundo tempo começou com o Criciúma tentando reagir, mas sem levar perigo à meta de Vinicius. O Rubro-Negro, por outro lado, voltou disposto a manter o resultado. Mas, aos poucos, a equipe atleticana foi se soltando e voltou a dominar a partida. Aos 17 minutos, Patrick, que tinha acabado de entrar no lugar de Edigar Junio, recebeu de Guerrón e tocou para o fundo das redes, marcando o quarto gol atleticano. Logo em seguida, aos 20, “La Dinamita” marcou mais um e deu números finais ao placar, alcançando a artilharia da Copa do Brasil, ao lado de Luís Fabiano, com seis gols.

O Furacão agora aguarda o confronto entre Cruzeiro e Chapecoense, que ocorre na próxima semana, para conhecer seu adversário nas oitavas de final da Copa do Brasil. Enquanto isso, volta as atenções para a partida contra o Arapongas, pelo Campeonato Paranaense, que ocorre no próximo domingo (15), às 19h30, na Vila Capanema.

%ficha=900%



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…