13 jun 2012 - 17h11

Petraglia: “Ritmo das obras será infinitamente maior”

O presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, anunciou que um dos entraves para o prosseguimento das obras da Arena da Baixada foi superado. Com a notícia da liberação do empréstimo de recursos pelo BNDES, as reformas necessárias para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014 serão realizadas de maneira mais rápida.

“Uma exigência do BNDES era que os 25% do dinheiro dos envolvidos já tivesse sido investido. Esse foi um dos motivos para o dinheiro não ter sido liberado anteriormente. Então, o ritmo a partir de julho será infinitamente maior”, declarou Petraglia na entrevista coletiva concedida durante a visita do Ministro do Esporte Aldo Rebelo a Curitiba.

Segundo o dirigente, agora o clube conta com “dinheiro em caixa”, o que será essencial para aumentar o ritmo das obras. “Nosso estádio está praticamente pronto. Não tivemos nesses três meses o ritmo que gostaríamos, porque a liberação dos títulos do potencial construtivo e as demais atividades e ações referentes aos fundos e recursos tiveram que sofrer algumas complementações de leis, acordos e mudanças na documentação. Ou seja, cumprimos atividades legais que nos atrasaram. Mas foram vencidas essas etapas e agora estamos com o dinheiro em caixa para prosseguir”, assegurou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…