15 set 2012 - 19h56

Para Drubscky, time não merecia perder

Embora tenha saído derrotado do Serra Dourada, nesta tarde de sábado (15), o Furacão mostrou um bom futebol em Goiânia, principalmente no segundo tempo. A equipe rubro-negra teve maior volume de jogo e finalizou mais (foram 16 chutes a gol do Atlético, contra nove do Goiás). “Estou muito satisfeito com a atuação e muito triste com a derrota. Não merecíamos perder”, afirmou o técnico Ricardo Drubscky após o jogo.

Para o treinador do Atlético Paranaense, a atuação do time é um alento para a sequência da competição. Mais do que isso, credencia a equipe para o acesso ao final da Série B. “O Goiás é uma grande equipe, mas o Atlético jogou melhor. Aliás, vem jogando melhor que os adversários nos últimos jogos”, explicou Drubscky. “Credencia-nos [atuação] para conseguir a vaga”, destacou.

Ricardo Drubscky ainda explicou a entrada de Derley, aos 35 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 2 a 2. Paulo Baier estava pronto para substituir Elias, mas o técnico do Furacão teve que mudar os planos. “A minha ideia era colocar o Paulo Baier, mas o Deivid chegou para mim e disse que estava com dores nas pernas, e não iria conseguir acompanhar [o ataque do Goiás]”, disse. “Infelizmente, mesmo assim [com a entrada de um volante], tomamos o gol”, completou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…