24 set 2012 - 11h41

Defesa continua sendo a menos vazada da competição

A defensiva rubro-negra, mesmo com lesões e suspensões dos titulares Manoel e Cleberson, continua sendo a menos vazada da competição, com apenas 24 gols tomados em 26 partidas.

Os zagueiros Naldo e Luiz Alberto, utilizados eventualmente, não comprometeram quando exigidos e ajudaram o goleiro Weverton quando solicitados. A dupla de volantes João Paulo e Deivid também dá consistência ao sistema de jogo, principalmente pela retenção da posse da bola. Nas laterais, os ofensivos Maranhão e Pedro Botelho ajudam muito na marcação, além do multi-funcional Henrique, que já atuou como atacante, meia, segundo volante e até mesmo lateral-direita, como no último jogo contra o Ceará.

Mesmo levando gols nas últimas três partidas (vitória por 4 a 1 contra o CRB, derrota por 3 a 2 contra o Goiás e vitória por 2 a 1 contra o Ceará), o Atlético se edifica como um paredão intransponível que, se mantiver tal status, tem tudo para figurar no G4 nas próximas rodadas.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…