25 set 2012 - 10h28

Rodolfo é absolvido por unanimidade em 2º julgamento

O goleiro atleticano Rodolfo foi absolvido por unanimidade nesta segunda-feira (24) no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa do segundo exame antidoping positivo para cocaína na Série B do Brasileiro – feito depois do jogo com o Ceará, em Fortaleza, no dia 23 de junho.

O jogador já havia sido punido com dois anos de suspensão por causa do resultado positivo no teste realizado após a partida com o CBR, em Maceió, 14 dias antes, e os auditores da Primeira Comissão Disciplinar entenderam que se trata de um só fato.

A denúncia da procuradoria do STJD sugeria uma punição adicional ao goleiro, porém sem pedir o banimento do futebol – como prevê o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) em caso de reincidência. Mas o relator Felipe Bevilacqua votou pela absolvição e foi seguido pelos demais auditores. Desta forma, o advogado do Atlético, Domingos Moro, não precisou nem fazer a defesa.

Rodolfo admitiu ser dependente químico e está internado em uma clínica de Curitiba para reabilitação. O Atlético recorreu da pena imposta no primeiro julgamento e o caso será analisado novamente pelo STJD na sexta-feira (28). O advogado rubro-negro espera que a pena seja abrandada.



Últimas Notícias

Notícias

Valeu, menino Rony!

Os olhos marejados não me deixavam apreciar o momento. A explosão em uma das maiores conquistas que já vivi, me faziam apenas ouvir um nome:…