16 out 2012 - 18h58

Ataque marcou gols nas últimas 15 rodadas

Um dos méritos do treinador Ricardo Drubscky desde que reassumiu o Furacão é a reconstrução do ataque atleticano.

Após substituir Jorginho, o ataque rubro-negro não passou mais em branco. A última partida sem balançar as redes adversárias foi contra o São Caetano, partida que marcou a despedida do antigo treinador.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…

Fala, Atleticano

Foi épico

Assim, como o jogo de Santiago contra a Universidad Católica, estará para sempre na memória de qualquer atlheticano… O que aconteceu ontem na Bolívia, também..…