20 out 2012 - 19h35

Jogadores comemoraram a vitória e exaltaram o grupo

Após a partida contra o Vitória, em Salvador, que garantiu ao Atlético a quarta posição no Campeonato Brasileiro da Série B, os jogadores do Atlético comentaram a vitória e a boa atuação.

Para o goleiro Weverton, o time soube administrar a posse de bola e o resultado fortalece o grupo. "Tocando bola, com a bola, tivemos mais posse, mais conscientes. Então, só fortalece o grupo. O grupo cada vez mais se fortalecendo, no momento certo, importante, e agora é a gente ficar fechadinho como a gente está, trabalhar quietinho, pés no chão, humildade, e agora é hora de decisão. Cada jogo é uma decisão e que a gente possa, agora, se firmar no G4 nesses dois jogos em casa", destacou.

Polivalente, Henrique comentou sua capacidade de atuar em várias posições, destacando que a dedicação dos atletas garantiu ao Atlético chegar ao grupo de acesso à Série A: "Ah, com certeza, tem que ter esse espírito, espírito vencedor, pra ajudar a equipe. Não importa aonde você esteja jogando, se é fora da sua posição, você tem que estar em prol do grupo, né? E, graças a Deus, eu pude estar correspondendo ali na lateral."

O meia-atacante Elias, grande destaque do time e autor do gol que abriu o caminho para a vitória atleticana, também ressaltou o espírito coletivo de luta e determinação. "Está todo mundo de parabéns. E não só eu, todo mundo se empenhou, todo mundo lutou desde o começo do jogo. A gente sabia que era difícil ganhar do Vitória aqui dentro, porque o Vitória é muito forte, mas a equipe veio pra cá respeitando, mas não temendo. Então, por isso que a gente conseguiu essa vitória", ressaltou.

O jogador também adotou um discurso cauteloso ao dizer que, apesar de alcançar o G4, o objetivo maior do Furacão ainda não foi alcançado: "A gente ainda não conseguiu nada, só conseguimos entrar e temos que permanecer. Sabemos que vai ser difícil, mas temos dois jogos importantes agora em casa e a gente tem que fazer o dever de casa".

Já Marcão, que voltou a balançar as redes, comemorou o gol que garantiu a vitória. "Jogando pra minha família, eu queria só uma oportunidade, só. Se ela aparecesse eu ia fazer o gol. E não foi diferente. Eu estava preparado, pronto pra esse jogo, e graças a Deus tive a oportunidade de fazer o gol. Agora é manter os pés no chão, que não ganhamos nada, e terça-feira já tem outra batalha em casa que a gente vai em busca de mais três pontos", disse.

O Atlético volta a campo na próxima terça-feira (23), contra o Guarani, no Ecoestádio Janguito Malucelli. A partida está marcada para às 15h00.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…