5 nov 2012 - 15h58

Estadão destaca o teto retrátil da Arena da Baixada

O jornal O Estado de S. Paulo veiculou neste domingo uma ampla matéria sobre as reformas da Arena da Baixada para a Copa do Mundo de 2014. O destaque principal do novo estádio, segundo o Estadão, é o teto retrátil, uma novidade no Brasil.

Além disso, a reportagem trata da engenharia financeira elaborada para a construção da sede de Curitiba para o Mundial e fala sobre a integração da Arena com o planejamento urbano da cidade. "Entre outras coisas, a arena terá na fachada um telão de Led de 80 m de largura por 20 m de altura e as ruas do entorno e a grande praça na entrada serão assimiladas pelo projeto, fazendo com que o estádio não pareça um objeto estranho na região", diz a matéria.

Outro ponto muito interessante da reportagem do Estadão é um infográfico, que mostra detalhadamente como ficará a Arena da Baixada.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…