13 nov 2012 - 14h44

Paulo Baier reencontra o time que o projetou

O jogo de sábado será marcante para o maestro Paulo Baier. O jogador reencontra o time que o projetou para o futebol brasileiro, além de novamente pode atuar no estádio em que fez história e é respeitado pela torcida.

No Criciúma, o jogador chegou em 97, vindo do São Luiz. Na época ainda atuava como lateral-direito e era chamado Paulo César.

O bom desempenho com a camisa do Tigre credenciou o atleta a atuar pelo Atlético-MG e Vasco. Acabou retornando para a equipe catarinense em 2002 e marcaria seu nome na história do clube. Conquistou o Campeonato Brasileiro da Série B naquela temporada e foi o grande nome na vitória de 4 a 1 sobre o Fortaleza, jogo que valeu o título para o Criciúma.

Poupado na partida da Copa do Brasil desse ano por Carrasco, Paulo Baier terá mais uma chance de fazer história no Heriberto Hülse, mas dessa vez pelo Rubro-Negro paranaense.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…