27 nov 2012 - 16h12

Heber Roberto Lopes deixa a Federação Paranaense

O árbitro Heber Roberto Lopes vai se desligar da Federação Paranaense de Futebol. A partir do próximo ano, ele apitará os jogos pela Federação Catarinense de Futebol.

De acordo com o site do Paraná-Online, Heber recebeu um "convite milionário" do presidente da FCF para mudar de quadro.

Em entrevista à Rádio Banda B, o árbitro confirmou que só faltam detalhes financeiros para assinar contrato com a Federação Catarinense. Com isso, o árbitro não participará do Campeonato Paranaense de 2013.

Histórico

Ao longo da última década, o Atlético vem sofrendo com as arbitragens de Heber Roberto Lopes, especialmente nos clássicos locais. Em diversas ocasiões, o clube solicitou formalmente que Lopes não fosse incluído nas escalas de seus jogos.

Também é uma solicitação frequente do Atlético a escalação de árbitros de outros estados para os Atletibas. O Coritiba, porém, insiste no aproveitamento de árbitros da FPF.

Heber Roberto Lopes apitou 11 Atletibas. Com seu apito, o Coritiba ganhou seis, houve quatro empates e o Atlético só conseguiu uma vitória em um jogo que acabou valendo o título para o alviverde na final de 2008.

A comparação com os números de todos os Atletibas realizados no mesmo período evidencia o peso do "fator Heber" (a relação pode ser conferida aqui). Confira:

48 Atletibas desde 1999
Coritiba – 19 vitórias
Empate – 16 empates
Atlético – 13 vitórias

Dos 48, 11 Atletibas apitados por Heber
Coritiba – 6 vitórias
Empate – 4 empates
Atlético – 1 vitória

37 Atletibas no período, excluindo os apitados por Heber
Coritiba – 13 vitórias
Empate – 12 empates
Atlético – 12 vitórias



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…