5 jan 2013 - 12h59

Luiz Volpato é o novo Diretor Construtor do Atlético

O arquiteto e engenheiro civil Luiz Volpato é o novo Diretor Construtor do Clube Atlético Paranaense. Responsável pelo projeto executivo e coordenação de projetos da Arena em 1999, Volpato volta a ajudar o CAP de forma voluntária e não-remunerada nas obras de reforma e ampliação da Arena dos Paranaenses para a Copa do Mundo de 2014.

Animado em poder contribuir novamente com o clube, Volpato representará o Conselho Administrativo do Atlético Paranaense na CAP S/A, que é uma Sociedade para Propósitos Específicos (SPE) com participação acionária total do Atlético Paranaense, (subsidiária integral) e responsável por todas as questões relacionadas a viabilidade econômica financeira da obra, administração de recebíveis, garantias para o projeto, contratação de fornecedores, responsabilidade técnica, responsabilidade comercial, civil e penal.

"As questões primordiais que me levam a engajar neste desafio são o prazo de entrega da obra e a complexidade do projeto, principalmente por ter feito parte da primeira fase da Arena. Tudo isso não me permite dar as costas para o Atlético. Venho somar com o time que já está trabalhando. Participei de algumas reuniões e já conversamos sobre alguns pontos da obra", conta.

Volpato é genro do Presidente do CAP , Mario Celso Petraglia, e afirma o lado positivo desta proximidade. "Tenho um grau de parentesco com o presidente que muitos já sabem e é claro que assuntos referentes as obras estão sempre sendo discutidas na mesa. É mais um motivo do qual eu não podia me esquivar para ajudar".

Após a realização da primeira fase da Arena, Volpato participou efetivamente do desenvolvimento de três projetos de estádios no Brasil. A Arena Joinville, Arena da Floresta no Acre e a Arena de Cruzeiro do Sul. Os projetos trouxeram ainda mais conhecimento ao profissional. "Adquiri muita experiência aqui e depois somei com a realização de mais três projetos arquitetônicos de estádios e também auxiliei na candidatura do Brasil para a Copa. Mesmo longe do cotidiano do clube, sempre estive acompanhando e sensível às questões envolvendo a Copa e o Atlético, tentando ajudar da melhor maneira".

O diretor elogiou o projeto de viabilidade econômica do CAP e explicou como pretende atuar. "O clube achou uma forma de gerir as obras muito interessante e inovadora. Já tem uma estrutura de obras completa, tudo que uma empresa de engenharia ter. Vou ajudar os mais diversos setores com meus conhecimentos de obra, forma de trabalho e compra de materiais. Poderei assessorar o departamento de contratações, de obras, projetos e tantos outros".

Por fim, Volpato lembra também da importância da Copa do Mundo. "Como técnico e cidadão, quero ver Curitiba como referência na competição. Quero ter orgulho como profissional e como curitibano. É o maior evento do mundo na nossa cidade".



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…