6 fev 2013 - 18h21

Atlético volta a empatar em casa

O Atlético empatou novamente no EcoEstádio Janguito Malucelli no jogo disputado pela 6ª rodada do Campeonato Paranaense desta vez o adversário foi o Paranavaí. Com um público razoável para uma quarta-feira à tarde, o Furacão pecou nas finalizações e não conseguiu sair do 0 a 0 com o Vermelhinho do fim da linha.

Primeiro tempo movimentado

O Rubro-Negro começou atacando para o lado direito da torcida e logo no início Douglas Coutinho lançou a bola na área pela direita após boa jogada de Renatinho. O time começou bem, com boas jogadas de David Henrique (Manteiga) e Hernani buscando o ataque.

Aos 3 minutos Alex Ricardo cobrou falta para o Paranavaí e depois de uma pequena confusão na área a bola saiu. Em seguida, o Paranavaí teve sua primeira chance de gol com Celinho que chutou forte e Santos espalmou.

O Atlético conseguia manter a posse de bola e trocava passes com certa facilidade. Aos 9 minutos Zezinho cobrou um escanteio forte demais. Na recuperação Hernani chutou e o goleiro Naldo espalmou. Erwin tentou de novo, de frente para o gol e o goleiro defendeu novamente.

Com 13 minutos de jogo, Santos defendeu uma cobrança de falta do Paranavaí com segurança. Logo em seguida, o juiz marcou falta para o Furacão que Hernani cobra. O meia bateu forte, direto para o gol, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 18 minutos Zezinho fez boa jogada pela direita, tocou para Tiago Adan finalizar, mas a zaga do Paranavaí afastou. Héracles sofreu falta aos 20 minutos do primeiro tempo na entrada da área. Hernani cobrou bem e o goleiro rebateu a bola que voltou para os pés do cobrador.

O Atlético dominava a partida e o Paranavaí tinha dificuldade para chegar na área. Aos 27 minutos Renatinho finalizou bem mas o bandeira marcou impedimento. Somente aos 30 minutos do primeiro tempo que o Paranavaí chegou com algum perigo na área, mas a zaga atleticana afastou.

O Rubro-Negro seguiu pressionando e, aos 33 minutos, Douglas Coutinho tentou um chute de voleio que arrancou um “uuhh” da torcida. O Furacão era melhor em campo mostrando boa movimentação, mas não conseguia converter as boas oportunidades próximas da meta do goleiro Naldo.

No finalzinho do primeiro tempo o árbitro anotou uma falta para o Atlético na entrada da área e Hernani cobrou na barreira.

Substituições não surtiram efeito

No segundo tempo ambos os times voltaram sem alterações. No entanto, o Paranavaí melhorou em campo, fechando a marcação e dificultando a movimentação do Atlético. Aos 3 minutos, o atacante Felipe Gabriel conseguiu a finalização para o gol mas o bandeira já marcava o impedimento.

A primeira pontada do Atlético foi aos 5 minutos quando Hernani cruzou na área e a bola passou por todo mundo. Douglas Coutinho limpou a jogada mas chutou para fora. O jogo ficou mais aberto, com os dois times chegando no ataque com mais facilidade.

Aos 10 minutos, o Paranavaí cobrou escanteio e depois de um bate-rebate na área a zaga rubro-negra afastou o perigo. No contra-ataque, Renatinho cruzou para Douglas Coutinho tentar de cabeça. Logo em seguida era a vez de Brito, do Paranavaí chutar forte para a defesa de Santos. Na sequência Hernani chutou forte e a boa passou logo acima do travessão.

Aos 15, Hernani sofreu falta e, na cobrança, Zezinho perdeu uma boa chance de abrir o placar. Dois minutos depois Tiago Adan limpou a jogada e tentou um bom chute de fora da área. O goleiro do Paranavaí espalmou.

Somente aos 21 minutos do segundo tempo o técnico Arthur Bernardes fez a primeira mudança: saiu Tiago Adan para a entrada de Júnior Barros.

O jogo seguiu sem grandes melhoras e aos 28 minutos Héracles chegou perto do gol e tentou cruzar, mas a bola saiu para escanteio. Com 31 minutos decorridos do segundo tempo Douglas Coutinho tentou de novo o voleio e não teve sucesso.

Aos 34 minutos saiu o lateral Renatinho para a entrada de Marcos Guilherme. O jogo não mudou de panorama, já que o time continuava tendo dificuldades para chegar com perigo no ataque.
Trinta e sete minutos e Júnior Barros arriscou um chute forte. A bola passou longe da meta.

Já com 38 minutos da segunda etapa o técnico tirou Zezinho para colocar Taiberson que, na sua primeira posse de bola, desceu pela direita e cruzou para a área. A zaga do Paranavaí afastou com facilidade.

Aos 41 minutos Junior Barros recebeu na área, se atrapalhou e chutou fraco para fora. Já no finalzinho o Paranavaí valorizava a posse de bola, tentando manter o empate e levar para casa o ponto conquistado.

O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo contra o Londrina, em partida que será disputada no norte do Estado.

%ficha=953%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…