24 fev 2013 - 17h55

Atlético é derrotado no Couto Pereira

Sem chances de levar o título do primeiro turno do campeonato, o Atlético foi até o Couto Pereira neste domingo (24) para a disputa do maior clássico do futebol paranaense. Em campo com a equipe Sub-23, o Rubro-Negro perdeu por 2 a 1, com gols de Pereira e Deivid. O gol atleticano foi marcado por Taiberson.

Sob o comando do técnico Arthur Bernardes, a equipe teve a volta de Manteiga e Hernani nos lugares de Elivélton e Renato. Já na defesa, Diego Ivo ganhou a disputa com Rafael Zuchi e substituiu o suspenso Erwin.

Com o resultado, o Coritiba retomou a liderança do Paranaense, com 24 pontos, um à frente do Londrina. Já o Atlético caiu para a oitava posição.

Gols e expulsões no primeiro tempo

Jogando no esquema 3-5-2, o Atlético começou a partida tendo dificuldades para sair jogando, errando passes quando chegava ao meio-campo. Aos dez minutos, Harrison fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, mas a zaga alviverde desviou e a bola ficou com Vanderlei. Na sequência, Léo tocou para Harrison na direita e o camisa 10 tentou o chute direto, mas a bola foi pela linha de fundo.

Enquanto isso, o Coritiba chegava com mais perigo. Aos 15, Robinho recebeu de Deivid e a bola passou perto do gol de Santos. Com maior domínio de jogo, após cobrança de Alex, Deivid tentou a cabeçada para Leandro Almeida, mas a bola foi para fora. A pressão deu resultado e o gol veio aos 25 minutos, quando Alex cobrou escanteio e Pereira subiu mais que a zaga atleticana, abrindo o placar no Couto Pereira.

Acuado e perdido em campo, o Atlético voltou a sofrer outro gol aos 29 minutos, quando Deivid recebeu cruzamento de Rafinha pela direita e tocou para o fundo das redes, ampliando o placar. Para ajudar, a equipe ficou com um a menos em campo. Aos 34, após uma dividida entre o goleiro Santos e Gil, os ânimos se exaltaram em campo e o árbitro Edivaldo Elias da Silva expulsou o lateral-direita Léo e o meia Deivid, do Coritiba.

Com a expulsão, Arthur Bernardes colocou Renato no lugar de Harrison para compor o setor direito defensivo do Atlético ainda na etapa inicial de partida.

Gol atleticano no apagar das luzes

Atrás no placar, o Atlético voltou a campo sem alterações. Assistindo à superioridade do Coritiba, a equipe de Arthur Bernardes seguiu sem brilho e vontade de igualar o marcador. Aos 12, Leandro Almeida cabeceou e a bola parou em cima da linha do gol de Santos.

Aos 15, a equipe atleticana teve mais uma alteração, com a entrada de Taiberson no lugar de Manteiga. Enquanto isso, o Coritiba seguiu buscando o ataque, mas diminuiu o ritmo das ofensivas. Já o Atlético continuou com dificuldades para chegar ao ataque.

O Rubro-Negro teve boa chance aos 20 minutos. Após contra-ataque, Taiberson bateu colocado e exigiu boa defesa de Vanderlei, que jogou a bola para escanteio. Após a cobrança, Diego Ivo tentou o arremate, mas a bola foi para fora. A resposta do Coritiba veio com perigo. No contra-ataque, Júlio Cesar recebeu de Alex e tentou tocar por cima de Santos, mas Bruno Costa tirou em cima da linha.

A última alteração no Atlético foi aos 36, quando Diego Ivo saiu para a entrada de Rafael Zuchi. Quase no apagar das luzes, aos 44 minutos, o atacante Taiberson diminuiu o placar. Em jogada individual, ele se livrou de Pereira, avançou pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado. Mas nada que alterasse a vitória a favor da equipe alviverde.

%ficha=957%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…