18 jun 2013 - 12h58

Atlético quer dobrar o número de sócios

O Atlético espera encerrar o ano com um quadro associativo de 30 mil sócios. O clube não divulga os dados, mas atualmente há aproximadamente 17 mil sócios ativos. Ou seja, a meta traçada pela diretoria é de praticamente dobrar o número de associados. Isso significa assegurar uma receita mensal significativa, compensando a ausência de recursos oriundos de bilheteria nos próximos meses.

Em termos concretos, atingir a meta de 30 mil associados representa uma receita fixa assegurada de cerca de R$ 2 milhões por mês (considerando a mensalidade média de R$ 70). Após a reinauguração da Arena, esse valor será ainda mais significativo.

O plano Sócio Furacão foi relançado há algumas semanas. Quem já era sócio teve o privilégio de escolher sua cadeira na futura Arena da Baixada e pagar os mesmos valores que vinham sendo praticados – uma mensalidade de R$ 70 até a reinauguração do estádio.

Porém, a procura por novos planos ficou aquém do esperado pela diretoria. Quem deu o primeiro alerta foi o presidente Mario Celso Petraglia. “A única receita que tem alimentado o nosso futebol é o Sócio Furacão, e que está num nível muito abaixo do que gostaríamos”, revelou o dirigente em entrevista à Rádio CAP. “A procura tem sido muito pequena. É uma decepção muito grande nossa. Todos sabem que o futebol está muito caro, todos sabem, principalmente a nossa torcida, o sacrifício que estamos fazendo”, completou.

Com o apelo público, Petraglia espera sensibilizar os torcedores atleticanos a participarem de modo mais ativo com o crescimento do clube, especialmente os que têm condições financeiras de colaborar. “Não queremos que aqueles que não têm condições se sacrifiquem para ajudar o seu clube. Mas aqueles que podem”, cobrou.

Colaboração com o clube

O primeiro aspecto da adesão ao Sócio Furacão está relacionado com a participação direta do torcedor no dia a dia do Atlético. Ao pagar um valor de mensalidade, o rubro-negro ajuda o clube a ter uma receita fixa assegurada. Isso é importante para fazer frente aos custos assumidos com a folha de pagamento, a manutenção do CT do Caju, o aluguel dos estádios para disputar os jogos em Curitiba e todos os investimentos para curto e médio prazos.

Obras estão em ritmo acelerado; estádio terá capacidade para 40 mil pessoas [foto: site oficial]


A torcida atleticana tem uma longa tradição de colaboração com o crescimento do clube. Muitas conquistas do Furacão foram alcançadas em muita medida em função da participação ativa do povão rubro-negro. Ao longo dos anos, milhares de atleticanos participaram de bingos, rifas, compras de cadeiras, produtos oficiais e até doação direta de recursos para os cofres do clube.

Em troca, o orgulho e a satisfação de fazer parte da história do Clube Atlético Paranaense. Não é pouco.

Sacrifícios

Agora, mais uma vez o Clube Atlético Paranaense precisa da colaboração de sua gente. Como lembrou o diretor de marketing Mauro Holzmann, o clube está ingressando na “última milha” do projeto iniciado em 1995. A etapa final envolve a modernização da Arena da Baixada para frazer frente à mudança do cenário do futebol brasileiro depois da Copa do Mundo.

Depois disso, asseguram os diretores, o foco dos investimentos será exclusivamente no futebol, permitindo que o Atlético tenha condições de lutar com os clubes localizados nos grandes centros do país.

O sacrifício começou com o fechamento da Baixada para as obras. Sem poder jogar em sua casa (e abrindo mão de importantes fontes de recursos financeiros), o Atlético passa por um momento difícil – mas não inédito em sua história. A trajetória octogenária do Rubro-Negro mostra que valerá a pena.

Benefícios

Além de colaborar com o crescimento do clube, o torcedor que se tornar sócio passará a usufruir de diversos benefícios. Em primeiro lugar, terá um lugar reservado na futura Arena da Baixada, com seu nome gravado na cadeira. Não é pouca coisa. Com a nova capacidade do estádio, haverá disponibilidade de 36 mil lugares para torcedores atleticanos. Considerando o tamanho da torcida, é de se imaginar que a procura será intensa para os principais jogos. Quem não se antecipar correrá o risco de ficar de fora de momentos importantes na história do clube. Aqueles que não conseguiram ver os jogos decisivos de 2001 ou enfrentaram longas horas de fila para comprar ingressos sabem bem o que é isso.

O lugar marcado no estádio assegura ao torcedor atleticano a oportunidade de ir a todos os jogos do clube na Arena da Baixada. Evita a necessidade de chegar ao jogo com antecedência maior para garantir um lugar bom para ver a partida e garante que familiares e amigos assistam aos jogos próximos.

Financeiramente, a vantagem é também muito grande. Os preços dos ingressos avulsos serão elevados e ficará muito caro ir a um jogo de futebol. Valerá a pena pagar a mensalidade de sócio para ir a todos os jogos do clube.

Vantagens incluem lugar reservado no estádio e participação em promoções [imagem: FURACAO.COM]


Os sócios do Atlético têm também vantagens decorrentes de parcerias com outras instituições. Esses convênios oferecem descontos na compra de produtos oficiais e em diversos estabelecimentos comerciais.

Outra vantagem de ser sócio é a participação efetiva no futuro do clube. A associação ininterrupta por três anos garante ao sócio o direito de votar e ser votado nas eleições do clube. A próxima ocorrerá no final de 2014.

Promoção

Para incentivar a adesão imediata dos torcedores, o Atlético lançou uma promoção válida para associações completadas até o dia 31 de julho de 2013. Os novos sócios ganharão uma camiseta "Eu te sigo em toda parte “(caso doem um agasalho para a campanha de inverno) e pagarão uma mensalidade mais baixa nos primeiros seis meses depois da inauguração da Arena.

Planos

Existem quatro modalidades de associação: Sócio Furacão VIP, Sócio Furacão PLUS, Sócio Furacão e Sócio Furacão FAN. Até a inauguração da Arena (prevista para dezembro deste ano), todos pagam mensalidade de R$ 70,00, com direito a assistir aos jogos com mando do Atlético no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

Depois, os valores serão alterados de acordo com as condições de cada plano. Confira um resumo de cada um:

Sócio Furacão FAN: espaço na reta da Buenos Aires, atrás do gol, onde não haverá cadeiras. É o setor onde ficará a Torcida Os Fanáticos. Valor da mensalidade após a inauguração da Arena: R$ 100,00.

Sócio Furacão: cadeira reservada nos setores Getúlio Vargas (superior e inferior) ou Coronel Dulcídio (superior e inferior). Valor da mensalidade após a inauguração da Arena: R$ 150,00.

Sócio Furacão PLUS: cadeira reservada no setor Brasílio Itiberê (superior e inferior). Acesso exclusivo ao estádio e área social com telões e restaurantes. Valor da mensalidade após a inauguração da Arena: R$ 250,00.

Sócio Furacão VIP: cadeira reservada na parte mais elevada da reta Brasílio Itiberê (ao lado de camarotes e tribunas de honra). Acesso exclusivo ao estádio, área social com telões e restaurantes e lanche incluso. Valor da mensalidade após a inauguração da Arena: R$ 1.100,00.

Como se associar

Há duas maneiras de se associar ao Atlético: pessoalmente no Espaço Sócio Furacão ou por meio do site sociofuracao.com. Saiba mais:

Espaço Sócio Furacão: fica em uma casa na Rua Petit Carneiro, 190 (entre as ruas Cel. Dulcídio e ngelo Sampaio). Funciona em dias de semana entre 9h e 18h. Mais informações através do telefone 41 2105-5682. É preciso levar RG e CPF.

Site sociofuracao.com: acesse o site sociofuracao.com. Depois de preencher um cadastro, você poderá escolher sua cadeira em um mapa e definir a forma de pagamento.



Últimas Notícias

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…