17 set 2013 - 14h53

Mancini quer o Atlético que venceu jogos em sequência

O técnico Vagner Mancini comentou sobre o próximo compromisso da equipe atleticana no Campeonato Brasileiro, diante do Flamengo, no Maracanã. Com mais tempo para poder preparar os jogadores para o duelo, o comandante rubro-negro quer que a equipe volte a viver seus grandes momentos mostrados no primeiro turno.

"É fundamental que a nossa equipe possa fazer um segundo turno com a mesma performance do que foi visto no primeiro, vencendo jogos decisivos fora de casa. Viemos de uma derrota única desde a minha chegada e espero que seja a última, e que possamos desempenhar o papel que viemos fazendo", disse à TV CAP.

A derrota para o Cruzeiro, no último sábado, no Mineirão, ainda rendeu comentários do treinador. "O Cruzeiro é a melhor equipe, é o líder até agora, e mesmo assim teve dificuldades no segundo tempo até poder ter saído na frente, o Atlético saiu mais para o jogo e vimos um time que, de certa forma, sufocou o Cruzeiro. Esse jogo serve como parâmetro para que os atletas vejam o futebol de uma maneira mais simples. Não existe super time, existem times que entram em campo e se disponibilizam a fazer o máximo nas partes técnica e tática, que há uma entrega que acaba em resultados expressivos. Espero que a nossa equipe possa ser aquele Atlético que venceu jogos em sequência", comentou.

Próximo adversário do Furacão, o Flamengo é uma equipe que deverá ser respeitada pelos jogadores atleticanos, na opinião de Mancini. "O perigo de enfrentá-los no Maracanã existe porque tem toda uma sina de que as equipes que vão lá precisam enfrentar a força do estádio, já que o Flamengo viveu lá as suas glórias. Temos que respeitar a equipe deles, sabemos que vamos enfrentar uma equipe que também está se acertando, que tem valores expressivos, mas não atravessa uma grande fase tática dentro de campo", disse. O técnico afirmou que o Atlético precisa impor o ritmo de jogo mesmo atuando fora de seus domínios. "Temos que impor o nosso ritmo, não dar muito campo. Eles vão querer que o Atlético jogue de uma forma defensiva, se perca, mas temos que nos impor mesmo atuando fora de casa", pediu.

O tempo de preparo, sem jogos no meio da semana, também foi um aspecto destacado pelo treinador. "Nessa semana tivemos cinco dias de diferença entre um jogo e outro e é importante porque o atleta precisa descansar. A gente vinha de uma batida forte, muito desgaste, e os atletas têm se queixado muito, pois não havia tempo de recuperação. Agora temos que saber usar para que na quinta tenhamos um time que possa acertar mais do que errar, e esteja disposta um jogo de alta intensidade".

Por fim, Mancini falou sobre como quer a equipe jogando na quinta-feira, no Maracanã. "O que o torcedor quer e o Mancini também é ver um time vibrante, de entrega, que não dê nenhum espaço ao Flamengo, que marque e jogue em cada centímetro do campo. A gente do lado de fora também torce para que o desempenho deles seja o melhor. Quando o Atlético se entrega dentro de campo os resultados vêm".



Últimas Notícias

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…