8 out 2013 - 15h34

Obras são retomadas na Arena da Baixada

Nesta terça-feira (08), as obras na Arena da Baixada foram retomadas em pleno vapor para a Copa do Mundo de 2014, isso porque na madrugada de hoje, uma decisão judicial comunicou aos representantes da CAP S/A a liberação das obras no estádio, através de determinação da juíza Lorena de Mello, da 23ª Vara de Trabalho. De acordo com a decisão ajuizada, uma nova vistoria deve ser feita na Baixada em 72 horas, atendendo a sete novas exigências que foram feitas e devem ser cumpridas, sob pena de novo embargo.

A CAP S/A divulgou em nota oficial em seu site que “o Clube Atlético Paranaense e a CAP S/A não medirão esforços para retomar o ritmo intenso das obras e para entregar o estádio pronto na data acordada com a FIFA”, inclusive divulgando novas fotos da obra da manhã dessa terça-feira, mostrando a presença de operários.

Dentre as adequações necessárias para nova vistoria que será feita na sexta-feira (11) estão o aumento da mureta do contorno interno da arquibancada superior, comprovantes de documentação de equipamentos de segurança entregues aos trabalhadores, promover treinos específicos e contínuos, melhorar sinalização nos canteiros das obras, instalação de ambulatório, providenciar um local adequado, isolado e sinalizado para que se abasteçam as máquinas de operação, assim como melhorar a iluminação noturna nas obras, que prosseguem mesmo à noite.

Desde quinta-feira (03), as obras na Arena estavam paradas, por determinação da Justiça após o Grupo Móvel de Auditoria de Condições de Trabalho em Obras de Infraestrutura (GMAI) apontar 208 itens que acarretavam risco aos operários.
Ao todo, as obras vão custar R$ 265 milhões. Na semana passada, os trabalhos se focavam na instalação da cobertura da Arena e na nova fachada. Até o mês passado, 78.9% da Baixada está concluída e a previsão de conclusão é para o início de 2014.

Com informações do Globoesporte



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…