25 out 2013 - 15h18

Furacão perde mais um mando de campo no Brasileirão

Denunciado pela Procuradoria do STJD pelo arremesso de uma pedra no gramado da Vila Capanema, no jogo contra o Vitória, o Atlético foi julgado nesta sexta-feira (25) e perdeu um mando de campo e foi punido com multa de R$ 20 mil.

Incluso no artigo 213 do CBJD, o clube corria o risco de perder o mando de campo de até dez partidas, além de receber multa de até R$ 100 mil.

Com a decisão, o Furacão não deve jogar contra o Náutico na Vila Capanema, só voltando a jogar na Vila Capanema na última rodada, contra o Vasco da Gama. O Atlético ainda deverá ser julgado pela pedra atirada na partida contra o Goiás. Na ocasião, o árbitro carioca Péricles Bassols Cortez relatou na súmula do jogo as paralisações durante o duelo por bombas e confusões nas arquibancadas do estádio Serra Dourada, além do arremesso de uma pedra por parte da torcida do Atlético.

Sendo assim, o Furacão corre o sério risco de não jogar mais em Curitiba no Campeonato Brasileiro.

Outras punições

O Atlético já foi julgado pelo STJD neste mês por incidentes causados pela torcida. O clube foi punido pela 5ª Comissão Disciplinar com dois jogos fora de seus domínios em razão de brigas entre as torcidas organizadas e o arremesso de um isqueiro no clássico contra o Coritiba.

Na última quarta-feira (23), o Atlético informou que cumprirá a punição do clássico nos jogos contra o Internacional e São Paulo em Joinville, na Arena Joinville.



Últimas Notícias

Torcida

Domingo é decisão

A partir das 11h do próximo domingo dia 16 de fevereiro, Athletico e Flamengo se enfrentam no estádio Mané Garrincha em Brasília em jogo único…

Opinião

Tamanho

Conheci Jasper em Santiago há alguns anos. Holandês de nascença, já era cidadão do mundo fazia algum tempo e morava no Chile há alguns meses.…