25 nov 2013 - 9h52

A matemática da final

O Furacão depende de uma vitória simples no Maracanã, na próxima quarta-feira (27), ou mesmo de um empate com gols marcados, para levar o troféu de campeão da Copa do Brasil.

Após empatar em 1 a 1 no jogo da ida, na Vila Capanema, o Rubro-Negro trabalha por dois tipos de resultado para se consagrar campeão: vitória por qualquer placar; ou empate com 2 ou mais gols marcados (2 a 2, 3 a 3, 4 a 4, etc.), já que o gol fora de casa é fator de desempate.

Caso o 1 a 1 se repita no jogo da volta, a decisão do título será nos pênaltis. Empate por 0 a 0 ou vitória do Flamengo dá o título aos cariocas.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…