2 dez 2013 - 20h53

Atlético conclui demolição dos prédios do Exército

Nesta segunda-feira (02) o Atlético Paranaense anunciou a conclusão de uma fase determinante para a finalização da Arena da Baixada para a Copa do Mundo de 2014: a demolição total dos três prédios do Exército que ficavam no terreno que fará parte do complexo esportivo atleticano. Com a estrutura demolida, a CAP/SA fica com a área, localizada na Rua Getúlio Vargas com a Rua Buenos Aires, totalmente liberada para adequar o projeto de modernização do estádio.

O processo burocrático para que a demolição ocorresse foi iniciado no dia 1º de julho de 2013, em termo assinado pelo clube e o Exército Brasileiro (União), que permitiu inicialmente a entrega provisória do imóvel (quatro prédios) para a CAP/SA. Famílias de militares que residiam no local foram realocadas, sendo feita posteriormente uma ocupação da área.

Ainda em julho, no imóvel foi feita a primeira demolição foi de um prédio estratégico para a construção das estruturas e ampliação das arquibancadas do setor 7, porém ficaram ainda três prédios intactos no local, visto a necessidade de aguardar autorização do Exército, algo atrelado a um acordo de contrapartida feito entre União e Atlético.

A área em questão foi liberada de forma definitiva para demolição dos três prédios no dia 8 de novembro, ato que foi executado já no início desse mês, finalizando totalmente as desapropriações em torno da Baixada, item estratégico para a ampliação e reforma do estádio, que na última semana teve seus avanços anunciados em cerca de 85%. O local onde ficavam prédios pertencentes ao Exército servirá para abrigar lojas comerciais ao nível da rua, e no setor superior haverá ampliação da entrada principal da Arena da Baixada prevista no projeto.

"Arena"

"Arena"

Com informações da CAP/SA



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…