13 jan 2014 - 11h29

Sueliton é aguardado amanhã em Curitiba

Um dos destaques do Criciúma na temporada de 2013, o lateral-direita Sueliton deve ser o próximo reforço anunciado pelo Atlético. De acordo com a jornalista Nadja Mauad, o jogador é aguardado nesta terça-feira (14) em Curitiba para realizar os exames médicos e assinar contrato até 2015 com o Furacão.

“Faltam pequenos detalhes que devem ser resolvidos ainda hoje, mas a tendência é ele se apresentar amanhã ao Atlético assinando um contrato até 2015, com prorrogações. Ele tinha várias propostas, mas pelo projeto, pela organização e pela Libertadores, escolhemos o Atlético”, disse o empresário do jogador, César Bettega, à jornalista.

Sueliton, de 27 anos, foi um dos principais nomes do Tigre na temporada passada, atuando em 47 jogos em 2013 e marcou dois gols (contra Atlético e Coritiba – veja no vídeo abaixo) e despertou o interesse de clubes como Corinthians, Vasco e Internacional e Palmeiras. Caso acerte com o Furacão, ele ocupará o lugar de Léo, que está praticamente acertado com o Flamengo.

Carreira

Pernambucano de Vitória de Santo Antão, Sueliton Pereira de Aguiar iniciou a carreira nas categorias de base do Vera Cruz, aos 17 anos. Depois seguiu para o Porto, também de Pernambuco, ficando até os 22 anos. Atuou emprestado ao Pesqueira, passou pelo Sete de Setembro e Vitória de Santo Antão até chegar ao ABC, em 2010, onde foi campeão brasileiro da Série C naquele ano. Se destacou pelo São José (RS) e acabou chamando a atenção do Rayo Vallecano, da Espanha, onde jogou ao lado de Pedro Botelho e ficou até meados de 2013. Contratado pelo Criciúma, o lateral acabou não renovando para a temporada 2014.

Ficha Técnica

Nome completo: Sueliton Pereira de Aguiar
Posição: lateral-direita
Data de nascimento: 19/08/1986
Naturalidade: Vitória de Santo Antão (PE)
Altura: 1,77
Peso: 67 kg
Clubes em que jogou: Vera Cruz (PE), Porto (PE), Sergipe, Pesqueira (PE), Vitória das Tabocas (PE), ABC, São José (RS), Rayo Vallecano (ESP) e Criciúma.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…