24 fev 2014 - 7h01

Conheça o Vélez Sarsfield, segundo adversário atleticano

Sem dúvida o adversário mais tradicional que o Atlético enfrentará na fase de grupos da Libertadores, o Vélez Sarsfield é um dos inúmeros clubes de Buenos Aires e região e foi fundado em 1910 por um grupo de imigrantes italianos do bairro de Liniers. Possui 10 títulos argentinos na era profissional e já possui uma Libertadores: em 1994, venceu o São Paulo na final e no mesmo ano também conquistou o Mundial Interclubes sobre o Milan.

O nome do clube é uma homenagem a um ilustre jurista argentino. O Vélez conquistou sua vaga para esta edição da Copa Libertadores ao vencer a Superfinal da Primera División argentina, decisão que reuniu o campeão do Apertura de 2012 (Vélez) e o vencedor do Clausura 2013 (Newell’s Old Boys). Um dos grandes favoritos da última edição do torneio continental, parou nas oitavas-de-final argentina contra o Newell’s Old Boys. Será sua 15ª participação na Copa Libertadores.

Vélez venceu a Superfinal contra o Newell’s [foto: Delfo Rodriguez]


Tem como um dos seus maiores ídolos o polêmico goleiro paraguaio José Luis Chilavert. O goleiro, exímio batedor de faltas, colecionou em sua carreira tanto frases polêmicas como títulos pelo Vélez. Durante anos deteve o recorde de goleiro com maior número de gols marcados. Foi com Chilavert na meta que o clube viveu sua fase mais gloriosa. No elenco atual, destacam-se os atacante Lucas Pratto (ex-Universidad Católica-CHI e Genoa-ITA) e Mauro Zárate (ex-Lazio e Internazionale-ITA).

O caldeirão onde o Atlético enfrentará o Vélez chama-se José Amalfitani. A capacidade do estádio é de cerca de 49 mil pessoas e foi utilizado em três jogos da Copa da Mundo da Argentina, em 1978.

Reportagem inicialmente publicada na Furacao.com no dia 11 de fevereiro e 2014



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…