14 maio 2014 - 23h39

João Paulo: "Para jogar no Atlético, tem de ser guerreiro"

O volante João Paulo deixou o campo irritado depois da derrota do Atlético para o Corinthians por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na reinauguração da Arena da Baixada.

Questionado sobre a pressão da torcida e as críticas ao técnico Miguel Ángel Portugal, João Paulo esbravejou: "Para jogar no Atlético, tem de ser guerreiro".

A declaração do jogador soou como uma crítica a alguns jogadores, que na visão dele talvez não tenham se esforçado o suficiente para honrar a camisa rubro-negra. João Paulo, por outro lado, sempre foi reconhecido pelo seu esforço. Um dos apelidos do jogador é justamente "João Paulo Guerreiro", pela sua dedicação.

O volante foi o capitão da equipe na segunda etapa.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…