3 jul 2014 - 22h02

Fifa devolve Arena da Baixada para o Furacão

Depois de receber quatro jogos da Copa do Mundo, a Arena da Baixada voltou nesta quinta-feira (03), definitivamente, às mãos do Atlético Paranaense. A Fifa estava como “detentora” do espaço desde meados de maio, quando começou a preparar todo local para receber os jogos da Copa. Desde o final de semana, operários trabalhavam intensamente para a retirada das estruturas temporárias do estádio, maquinários, mobiliários e tendas instaladas para o torneio.

Entre as áreas retiradas incluem-se lanchonetes, móveis da área de imprensa, material de tecnologia da informação, impressoras, computadores e as tendas montadas na praça em frente ao estádio, que recebeu a área de receptivo no estádio, com quiosques de patrocinadores e áreas de interação com o público. Os bancos de reservas também foram retirados e outros deverão ser providenciados pelo Atlético a partir de agora.

Mudanças

A partir de agora, o Atlético tem algumas semanas para personalizar a Arena com “cara rubro-negra”. Como o clube ainda cumpre quatro jogos de punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelos incidentes de torcedores contra vascaínos no fim do Brasileiro do ano passado, o primeiro jogo pela competição será apenas no fim de setembro, contra o Palmeiras, no fim do primeiro turno. Antes, entre o fim de julho e início de agosto, o Atlético estreia na Copa do Brasil em casa – a data e adversário ainda não foram confirmados.

Uma das mudanças será a instalação de cadeiras no anel superior do setor Brasílio Itiberê, que abrigou durante a Copa as tribunas de imprensa. Com esses novos lugares, a capacidade do estádio passará para 43 mil pessoas. Na área inferior atrás dos dois gols, está sendo estudada a possibilidade da retirada das cadeiras, já que de um lado ficará localizada a torcida organizada atleticana e do outro o clube pretende colocar torcedores visitantes.

Outro ponto que deve ser instalado são vidros separando o gramado das arquibancadas, já que o estádio não tem fosso e há muita proximidade da torcida com o campo de jogo.

Informações: Tribuna do Paraná



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…