10 maio 2015 - 17h54

Melhor impossível

O Atlético largou com o pé direito no Brasileiro 2015. O Rubro-Negro venceu o Internacional por 3 a 0, na tarde deste domingo (10). Os gols foram marcados por Walter, destaque da partida, Felipe e Paulão (contra).

Com a vitória, o Furacão assume a segunda posição – perde para o Sport no critério de gols marcados. No próximo sábado (16), a equipe enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, com portões fechados.

O Rubro-Negro começou a partida com a mesma equipe que foi eliminada na Copa do Brasil. O Inter veio a Curitiba com um time reserva. No primeiro tempo, as equipes fizeram um jogo de muita marcação e poucas oportunidades de gol. A chance mais clara foi no gol do Furacão. Aos 14 minutos, após cruzamento de Marcos Guilherme, Walter emendou de primeira, 1 a 0.

No segundo tempo, o Inter voltou mais ofensivo, porém errava as finalizações. O Furacão, por outro lado, aguardava um contra-ataque para fechar o placar. Marcos Guilherme e Felipe quase marcaram. Para dar novo gás ao time, o técnico Diego Aguirre colocou Alex e Valdívia. Os dois titulares do Inter nada fizeram e viram o Furacão liquidar a partida. O segundo gol do Atlético saiu de pênalti. Walter foi puxado dentro da área. O camisa 10 Felipe foi para cobrança e ampliou, 2 a 0. O terceiro foi contra. Walter bateu cruzado, o zagueiro Paulão tentou cortar, mas colocou a bola no fundo das redes. 3 a 0 e o grito de "o Furacão voltou" foi ecoado pela torcida.

DESTAQUE:
Walter. Marcou um gol e participou dos outros dois. O atacante foi o grande nome do jogo. No primeiro tempo, marcou um gol e, no segundo sofreu o pênalti que originou o gol de Felipe. Além disso, foi dele o cruzamento para o gol contra de Paulão.

PEREBA:
Paulão. Zagueiro do Inter não conseguiu segurar o atacante Walter e ainda marcou um gol contra.

TORCIDA:
Apesar do mal momento em que o time viveu no Campeonato Paranaense, a torcida atleticana não deixou de apoiar o Atlético no Brasileirão. Foram 11.907 pagantes na estreia.

ESTREIA:
O Atlético usou pela primeira vez o uniforme de 2015. A camisa deu sorte, pois o time conquistou uma grande vitória em cima do time gaúcho.

OS GOLS:
Walter, aos 14′, recebeu cruzamento e tocou de primeira; Felipe, aos 15′ do 2º, ampliou de pênalti; Paulão (contra), aos 24′ do 2º, tentando tirar uma bola cruzada por Walter.

PRÓXIMOS JOGOS:
Goiás (Brasileiro): dia 16 de maio (sábado), às 18h30, no Serra Dourada, com portões fechados.
Atlético-MG (Brasileiro): dia 25 de maio (domingo), às 16h, na Arena da Baixada.

%ficha=1108%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…