22 jul 2015 - 23h01

Em rede social, Petraglia dispara contra torcida

O presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, disparou contra o torcedor atleticano usando uma comunidade no Facebook, afirmando que a torcida está em débito com o clube. Na opinião do dirigente, todas as promessas de campanha da chapa CAPGIGANTE, feitas durante as eleições de 2011, foram cumpridas, restando apenas a dívida das arquibancadas.

“Dentro do nosso projeto do CAPGIFANTE (sic) a única parte não correspondida até este momento, tenho dúvidas se será um dia, está justamente na nossa torcida, a que está devendo, a que não vai aos jogos, a que não se associa, a que exige tudo e pouco ajuda! Querem bons times, ingressos dados a qualquer preço e não têm nenhum compromisso com a sua paixão!”, escreveu.

O comentário veio após uma imagem na comunidade O Canto das Torcidas indagar quando a festa protagonizada por torcedores do Atlético Nacional, da Colômbia, seria repetida na Arena da Baixada, despertando as críticas afiadas do mandatário rubro-negro. Imediatamente após o texto com as críticas de Petraglia ser publicado, vários torcedores atleticanos comentaram e criticaram a postura do dirigente. A polêmica também foi divulgada na tarde desta quarta-feira (22), em matéria no site da Gazeta do Povo.

Esta não é a primeira vez que Petraglia ataca publicamente o torcedor rubro-negro. Em várias oportunidades, ele cobrou maior participação da torcida, citando a meta de 40 mil sócios para o clube ter equipes mais competitivas e também poder implementar melhorias na Arena – uma delas, bastante cobrada pela torcida, é a instalação do painel na fachada do estádio.

Vale lembrar que durante a campanha da Chapa CAPGIGANTE, encabeçada por Petraglia, foram apontadas oito prioridades de gestão: formação de times campeões (Estadual, Brasileiro, Copa do Brasil e do mundo), forte investimento em formação de atletas, conclusão da Arena até março de 2013, conclusão do complexo Arena Copa + Arena Olímpica até março de 2014, profissionalização de toda gestão da administração do clube, revitalização na relação com sócios e dos planos de associação, retomada da valorização da marca CAP e criação de mecanismos para proteção do clube quanto a riscos políticos de pessoas descredenciadas a exercer a presidência do clube.

Patrimônio

Petraglia também citou a ausência de participação da torcida na construção do patrimônio do clube, segundo ele avaliado atualmente em mais de R$ 1 bilhão. O dirigente disse que todo mérito nessa construção é exclusivamente dele “e a mais meia dúzia de torcedores que dedicamos décadas para transformar este clube de bairro num dos maiores clubes das Americas!”.

O presidente atleticano ainda acrescentou, afirmando que a torcida não teve nenhuma participação na construção do patrimônio. “Para ficar mais claro ainda, todo o crescimento, toda a transformação havida nestes 20 anos no Furacão aconteceu sem nenhuma, absoluta e material ajuda da torcida! Todo bilhão, nosso patrimônio vale hoje esta cifra (1.000.000.000,00) um bilhão de reais foi construído sem um mísero tostão da torcida!”.

Confira na íntegra o depoimento de Petraglia na comunidade Canto das Torcidas, no Facebook:

“Uma lastima ler algo que parece não ter sido escrito por analfabeto na linguagem, mas, deixa claro e transparente a ignorância do que é futebol atualmente, este entretenimento moderno caro que é visto por milhões através da TV!
Nossos campeonatos não são disputados para poucos privilegiados que conseguem ir aos estádios e sim para milhões de aficcionados!
Se hoje existe o CAP neste nível, tendo estádio de Copa do Mundo, aliás, qual é o maior espetáculo da terra? Como é organizado? Deve-se a mim e a mais meia dúzia de torcedores que dedicamos décadas para transformar este clube de bairro num dos maiores clubes das Americas!
Trabalhamos para toda a nação atleticana e não para grupelhos de palhaços que se escondem atrás de organizações piratas para estravazar suas frustrações e alimentar seu egoísmo de pensar na vontade das minorias!
Dentro do nosso projeto do CAPGIFANTE a única parte não correspondida até este momento, tenho dúvidas se será um dia, está justamente na nossa torcida, a que está devendo, a que não vai aos jogos, a que não se associa, a que exige tudo e pouco ajuda!
Querem bons times, ingressos dados a qualquer preço e não têm nenhum compromisso com a sua paixão!
Vocês, além de tendenciosos são desinformados, os ingressos para o melhor estádio do Brasil custa 100,00 (cem reais) inteira!
Para ficar mais claro ainda, todo o crescimento, toda a transformação havida nestes 20 anos no Furacão aconteceu sem nenhuma, absoluta e material ajuda da torcida! Todo bilhão, nosso patrimônio vale hoje esta cifra (1.000.000.000,00) um bilhão de reais foi construído sem um mísero tostão da torcida!
Para os invejosos e fracassados lembro que mesmo investindo fortemente em marca e patrimônio nestes 20 anos fomos Campeões Brasileiros, uma vez vice, uma terceiro lugar, disputamos 4 Copas Libertadores!
O tempo é o senhor da razão!
SRN
Mario Celso Petraglia”



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…