15 ago 2015 - 20h29

Pontos desperdiçados!

O Atlético ficou no empate em 0 a 0 com o Santos, neste sábado (15), na Arena da Baixada, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Weverton e Vanderlei foram os destaques da partida.

Há três jogos sem vencer, o Furacão é o sexto colocado, com 30 pontos, porém pode ser ultrapassado ainda nesta rodada. Já o Santos sobe para a 11ª posição, com 24 pontos.

O Atlético entrou em campo com cinco novidades no time titular: Alan Ruschel, Deivid, Fernando Barrientos, Daniel Hernández e Crysan.

O Santos começou melhor, mas quem criou as melhores oportunidades foi o Furacão. Crysan, livre na área, chutou para fora. Marcos Guilherme, após boa jogada, também bateu para fora. Porém, quem esteve mais perto de abrir o placar, foi o time paulista. Kadu, tentando cortar um cruzamento, colocou a mão na bola dentro da área. Ricardo Oliveira foi para a cobrança de pênalti, mas Weverton salvou o Atlético.

No segundo tempo, o técnico Milton Mendes promoveu a entrada de Walter no lugar de Barrientos. Com maior poder ofensivo, o Rubro-Negro criava, mas não conseguia finalizar. O Santos assustou com Ricardo Oliveira, mas ele, novamente, parou em Weverton, a bola ainda bateu no travessão.

Já nos minutos finais de partida, foi a vez de Vanderlei salvar o clube paulista. Após escanteio, Douglas Coutinho cabeceou e ele tirou, no reflexo, para fora. O arqueiro, também, quase levou um gol olímpico de Hernández, mas conseguiu recuperar-se. Com destaques para os goleiros, as redes não balançaram.

PEGA TUDO: Weverton novamente salvou o Atlético da derrota. O camisa 12 pegou um pênalti e salvou o que seria o gol de Ricardo Oliveira, no segundo tempo.

APAGADO: Alan Ruschel fez sua estreia com a camisa atleticana, mas não fez uma boa partida. O camisa 6 teve a tarefa de marcar Geuvânio, porém, foi expulso. Primeiro, ele levou cartão por uma falta e, depois, por reclamação, já no fim da partida.

PRÓXIMOS JOGOS: Joinville, pela Copa Sul-Americana (fora). Internacional (fora). Goiás (casa)

%ficha=1126%



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…