20 ago 2015 - 23h06

Uh, é Walterror!

O Atlético entrou em campo nesta quinta-feira (20), contra o Joinville, para fazer sua estreia na competição que se tornou a prioridade do clube na temporada: a Copa Sul-Americana, que dá ao campeão uma vaga na Libertadores da América. E mais uma vez contando com o oportunismo e a qualidade de Walter, o Rubro-Negro venceu por 2 a 0 e encaminhou a vaga para a próxima fase, que será decidida dentro da Baixada.

Enfrentando um dos piores times do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro encontrou dificuldades em campo, especialmente no primeiro tempo, que foi marcado pelo equilíbrio. Apesar do Tricolor catarinense manter um domínio estéril, pouquíssimas oportunidades foram criadas. Em uma das poucas chances de gol, Walter cruzou com precisão para Douglas Coutinho, que empurrou para o gol com a mão. O árbitro viu, anulou o gol e mostrou cartão amarelo para o atacante atleticano, que ainda perdeu outra chance clara quando entrou livre, de frente para o goleiro, e bateu fraco na bola, facilitando a defesa. E o jogo seguiu modorrento, truncado, até que aos 42 minutos Eduardo recebeu na direita, cruzou para a área e encontrou ele, sempre ele, Walter, para abrir o placar na Arena Joinville. O camisa 18 entrou pelo meio e, mostrando oportunismo, tocou com a ponta do pé direito na bola e eliminou qualquer chance de defesa do goleiro adversário. Furacão 1 a 0 e o gordinho, de novo, causando o frenesi da torcida, que gritou: WALTERROR, WALTERROR!!!

Na segunda etapa o Joinville se atirou ao ataque em busca do empate, mas sem muita eficiência. Em contrapartida, o Rubro-Negro se mantinha cauteloso e sem criar grandes chances, procurando administrar o resultado. A melhor oportunidade do Coelho saiu em cobrança de falta de Marcelinho Paraíba, aos 19 minutos, que levou muito perigo à meta de Weverton. Aos 22, Walter fez bela inversão para Marcos Guilherme, que tocou para Nikão. O meia bateu de primeira, da entrada da área, e viu a bola passar rente à trave de Agenor. E aos 25 minutos, Nikão cobrou escanteio com precisão e viu Douglas Coutinho se antecipar à zaga para, de cabeça, empurrar a bola para o fundo das redes e sacramentar a vitória atleticana.

Com a vitória, o Atlético conquistou ótima vantagem para o jogo de volta e encaminhou sua classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. A vaga será decidida na próxima quinta-feira (27), na Arena da Baixada, e o Rubro-Negro pode até perder por um gol de diferença que, ainda assim, passa para as oitavas-de-final da competição.

ELE É UM TERROR: Improvisando o ditado, "mais vale um gordo esforçado que um magrelo vagabundo". Com a habitual visão de jogo, passes que deixam o companheiro na cara do gol e oportunismo de poucos, Walter foi o grande destaque do jogo e, de novo, fez a galera sorrir. O gordinho é mesmo diferenciado.

DESGRAÇA POUCA É BOBAGEM: Recém chegado ao clube, Alan Ruschel foi expulso na estreia contra o Santos e nesta quinta (20), contra o Joinville, sofreu uma entorse no joelho e saiu de campo logo aos cinco minutos de jogo. É muito azar!

OS GOLS
0x1 – 42’/1º: Walter – No contra-ataque, Daniel Hernández dominou na meia cancha e passou rápido para Eduardo na direita. Esperto, o lateral cruzou de primeira para a área e Walter entrou pelo meio, escorando a bola para o fundo das redes de Agenor.
0x2 – 25’/2º: Douglas Coutinho – Para matar o jogo, Nikão cobrou escanteio da esquerda com perfeição, Coutinho se antecipou à zaga e testou para o gol, dando números finais ao marcador.

PRÓXIMOS JOGOS: Internacional (fora), Joinville (casa) e Goiás (casa).

%ficha=1127%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…