6 set 2015 - 0h20

Milton Mendes lamenta "noite infeliz", mas valoriza ponto

Foi usando uma frase de efeito para valorizar o ponto conquistado que o técnico Milton Mendes minimizou o empate em casa com o vice-lanterna do Brasileirão e destacou o espírito dos jogadores. No entanto, o próprio treinador reconheceu que não foi uma noite feliz do time atleticano após o 0 a 0 com o Joinville, na Arena da Baixada.

“Não estávamos em uma ‘noite feliz’ realmente. As coisas não entraram com clareza e segurança, como já tínhamos tido em outras oportunidades em nosso campo, diante do nosso torcedor", analisou, dizendo que a partida foi atípica para as atuações atleticanas em casa.

Mendes não deixou de ressaltar a disposição de seus comandados. “Houve só uma equipe que quis jogar. A outra, quis não deixar jogar", acrescentou. No entanto, o técnico rubro-negro lamentou uma certa “pressa” do time em querer resolver as coisas, o que dificultou as jogadas mais próximas da área. “Vamos valorizar esse ponto, mas a equipe deles não fez nada para ganhar o jogo já a nossa equipe tentou, mas nenhuma perto da área. A equipe deles dificultou muito as ações e temos que estar precavidos para a dificuldade”, disse.

Com 37 pontos, o empate em casa fez o Atlético sair do G4, mas para o treinador usou uma frase de efeito para valorizar o ponto conquistado. "Fica o empate ‘amargo’. Mas tem uma máxima que uso muito: só damos o valor ao ponto quando perdemos", disse.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…