16 set 2015 - 22h57

Inoperante, Atlético perde de novo!

Atuando como mandante no Couto Pereira depois de uma década e precisando voltar a vencer no Campeonato Brasileiro, o Atlético recebeu o Grêmio nesta quarta (16) diante de um bom público no estádio do rival. Mas, sem criatividade e cometendo muitos erros, especialmente no passe e no posicionamento defensivo, o Rubro-Negro perdeu mais uma e chegou à quarta partida consecutiva sem vitória.

Contando com uma formação diferente, com três volantes e três atacantes, o Rubro-Negro se mostrou desorganizado desde o início da partida. Mesmo tentando ir ao ataque, o time de Milton Mendes errava muitos passes e não conseguia penetrar a defesa gremista, mantendo um domínio estéril no começo do jogo. Aos poucos, o Grêmio foi equilibrando as ações e começou a ameaçar a meta de Weverton. A melhor chance do Furacão no primeiro tempo saiu num cruzamento de Marcos Guilherme para Hernani, que cabeceou por cima da meta de Marcelo Grohe. Mas, aos 31 minutos, Luan fez bela jogada na entrada da área, meteu entre as pernas do marcador e deixou Douglas cara a cara com Weverton para abrir o placar. Aos 36, depois de cobrança de escanteio, Walter quase empatou, mas o goleiro gremista conseguiu salvar.

E no segundo tempo, novamente o planejamento do técnico no vestiário foi por água abaixo com um gol relâmpago. Edinho recuperou a bola na meia cancha, percebeu a defesa rubro-negra em linha e tocou para Luan que, com extrema facilidade, avançou em direção ao gol sem ser alcançado pelo marcador e tocou na saída de Weverton, que nada pôde fazer. Com os 2 a 0 no placar, o Tricolor gaúcho passou a administrar o resultado enquanto o Atlético partiu para o abafa, mas cada vez mais nervoso e sem nenhuma organização. Foi somente com uma bela jogada individual de Otávio que o Rubro-Negro conseguiu descontar. O jovem volante partiu fazendo fila do meio de campo até a entrada da área gremista e tocou para Ewandro que, de cara para Tiago (que havia entrado no lugar de Marcelo Grohe), bateu no canto e marcou.

Com mais uma derrota, o Atlético chegou ao quarto jogo sem vencer, somando apenas dois pontos dos últimos 12 disputados – tendo enfrentado três sérios candidatos ao rebaixamento nas últimas partidas. Agora, Milton Mendes tem poucos dias para trabalhar a equipe visando ao clássico Atletiba, que acontece no domingo (20), no Couto Pereira.

BRILHOU: Depois de deixar Douglas na cara do gol para marcar o primeiro do Grêmio, Luan matou o jogo logo no primeiro minuto da etapa final. Ele recebeu passe de Edinho, ganhou na velocidade da zaga atleticana e tocou na saída de Weverton, que nada pôde fazer.

PERDIDO: Incapaz de acompanhar o desempenho de seus companheiros de ataque, Ytalo parecia perdido em campo. Não produziu nada e ainda atrapalhou boas jogadas ofensivas do Furacão. Acabou sendo substituído antes mesmo do intervalo.

OS GOLS

0x1 – 31’/1º: Douglas – Em bela jogada na entrada da área atleticana, Luan meteu entre as pernas do zagueiro rubro-negro e tocou para Douglas que, frente a frente com Weverton, não desperdiçou.

0x2 – 1’/2º: Luan – Aproveitando vacilo da defesa rubro-negra logo no começo do segundo tempo, Luan recebeu de Edinho e saiu na cara de Weverton, marcando o segundo do Grêmio e praticamente liquidando a partida.

1×2 – 32’/2º: Ewandro – Em desvantagem no placar, Atlético foi para o abafa em busca do resultado. Na única boa jogada, Otávio fez fila pelo meio e tocou para Ewandro que, livre, invadiu a área e descontou para o Furacão.

PRÓXIMOS JOGOS: Coritiba (fora), Ponte Preta (casa) e São Paulo (fora).

%ficha=1135%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…