28 set 2015 - 7h34

Milton Mendes não é mais o técnico do Atlético

Em 2015

O Atlético demitiu na noite deste domingo (27) o técnico Milton Mendes, depois de mais um resultado negativo no Campeonato Brasileiro. Embora tenha inicialmente negado a informação, o clube a confirmou nesta segunda (28), por meio de nota em seu site oficial. A gota d’água foi a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, em plena Arena da Baixada, resultado que colocou o Furacão na sua pior posição no Brasileirão 2015 até então e o aproximou perigosamente da zona de rebaixamento.

Mendes chegou ao Atlético no fim do Campeonato Paranaense com a missão de livrar o time que, disputando o "Torneio da Morte", lutava para escapar da degola no certame estadual. Com seu discurso humilde e agregador, o treinador ganhou a confiança do elenco e mostrou bons resultados, levando a equipe a um início de Brasileiro surpreendente, tendo inclusive alcançado a liderança da competição. Mas, de uns tempos para cá, o time caiu muito de rendimento e as cobranças começaram.

Certamente pesaram para a queda de Milton Mendes os jogos sofríveis nas partidas disputadas pela Sul-Americana, mesmo obtendo a classificação contra o Joinville e tendo derrotado o Brasília na primeira partida das oitavas de final, e o péssimo retrospecto no returno do Brasileirão. Com o revés diante da Ponte, o Rubro-Negro alcançou sua pior sequência na competição, com seis jogos sem vencer e quatro derrotas consecutivas (uma delas, inclusive, no clássico ATLEtiba).

O nome do substituto de Mendes ainda é desconhecido, mas a missão de quem assumir o comando da equipe é das mais complicadas, sobretudo porque a sequência de jogos no Campeonato Brasileiro é dificílima e ele ainda precisará lidar com os jogos em meios e finais de semana.



Últimas Notícias