21 out 2015 - 12h25

Atlético ainda indefinido para jogo de hoje

Ainda sem poder contar com a volta do armador Nikão e precisando não só vencer como convencer na noite de hoje, o Atlético do treinador Cristóvão Borges segue indefinido.

Na entrevista concedida nesta terça-feira (20) o treinador atleticano afirmou que o time jogará para frente mas sem se descuidar da defensiva, ponto preocupante e que vem sendo vazada consecutivamente nas últimas oito partidas.

Para o desafio de hoje restam algumas dúvidas. Na lateral esquerda Roberto será mantido, enquanto na função de segundo volante Hernani pode perder a vaga para Bruno Pereirinha. Na armação segue Bruno Mota de titular, enquanto Ewandro e Daniel Hernandez disputam uma posição, com maiores chances do colombiano iniciar a partida.

Outra modificação é de ordem tática, com a possibilidade de Marcos Guilherme jogar mais avançado pelas laterais, fazendo companhia para o atacante Walter, que estava jogando muito isolado. No restante o time deve formar com Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Kadu e Roberto; Otávio, Bruno Pereirinha (Hernani) e Bruno Mota; Daniel Hernández (Ewandro), Marcos Guilherme e Walter.

Do lado paraguaio, se não houver novidades, o Sportivo Luqueño deve colocar em campo, no 4-2-31, o seguinte time para enfrentar o Atlético: Chena, Giménez, Leguizamón, Meza e Báez, Godoy e Matto, Núñez, Miño e Mendieta, Ortega.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…