O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
21 out 2015 - 5h16

Cadê o Barrientos?

A cada escalação do CAP para a próxima rodada eu fico na expectativa de ver escalado o argentino Barrientos que foi comprado pelo clube, mas por motivos pessoais retornou a sua terra natal e voltou logo após a Curitiba e já faz algum tempo que está (acho eu) treinando com os demais jogadores, mas não vejo o seu nome sendo escalado e faz tempo. Será que o Petraglia já o vendeu para fora e a gente nem sabe disso?

Estranho está sua situação, pois tem fama de bom jogador pelas informações oriundas dos tabloides argentinos, que seria titular e até agora só vejo jogar os emprestados Daniel Hernández e o português Bruno Pereirinha. E o argentino que é fixo da casa nem no banco de reserva está escalado?

Muito estranho este sumiço deste jogador ou como acho, foi vendido ou emprestado e nós torcedores nem ficamos sabendo.

Se é um bom jogador e pode fazer a diferença, porque não o escalar para se avaliar o seu futebol, porque segundo a imprensa argentina, ele é bom de bola e a gente escalando um bando de tiriça, e pior ainda o Roberto não rendeu nada contra o Corinthians, e pegou o lugar do Avenida Sidcley. Mas ruim por ruim eu prefiro o menos pior e para mim é o Avenida.

Espero que o Cristóvão esteja certo nas suas escalações, para brigar no campeonato brasileiro para não cair e não arriscar a classificação na Sul-Americana, se errar na escalação a gente já tem uma ideia do que será o final deste brasileiro e o sonho da Sul-Amaricana. E a pergunta que não que calar: cadê o Barrientos? Joga ou não joga mais no Clube Atlético Paranaense?



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…