O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
3 nov 2015 - 11h49

Fim de temporada

Chegamos a mais um fim de temporada sem ganhar nada, até porque eu não conto o Torneio da Morte como um título e sim como uma lição para o clube nunca mais esquecer que qualquer campeonato que se habilite a disputar, que seja para ser vencedor.

E que bom que nós torcedores temos um espaço democrático, onde situação e oposição debatem os prós e os contras da gestão Petraglia. Eu em particular nunca fui muito fã e nem muito adversário do MCP, somente o admiro pelo seu empenho na construção do Clube Atlético Paranaense no âmbito patrimonial porque no âmbito do futebol eu deixo esta admiração de lado. Situação que nem Freud explica sobre está atual gestão.

Que acaba este ano com as eleições onde iremos decidir entre três chapas, sendo duas de oposição e uma da situação que até o momento não foi homologada. E ouvindo e lendo sobre o que as oposições a MCP divulgam porque não ouso e nem soube do planejamento delas, visto que somente se sabe do desejo de Andraus de retornar com a massa rubro negra para dentro da Arena, que na minha humilde opinião nunca deveria ter sido excluída das arquibancadas da minha boa e velha Baixada como gosto de dizer.

Enfim é isso, não ganhamos nada este ano, estamos aparentemente fora de risco de ser rebaixado e no próximo mês eleições para que uma nova direção com novas idéias e espero que sejam boas e não fantasiosas, mas com responsabilidade de gerir este patrimônio deixado pelo MCP que não podemos só jogar pedra e sim também agradecer pela reestruturação no âmbito patrimonial que infelizmente a esfera do futebol deixou a desejar, que para mim as explicações com o gasto com as obras não justifica um futebol de baixo nível, onde temos quatro ou dois jogadores no atual elenco que valem a pena ficarem para a próxima temporada e os demais com contratos longos serem emprestados para que o clube não perca financeiramente. E digo isso, porque um orçamento limitado não significa que tinha que ser contratado jogadores limitados e ai que o nosso famoso DIF se lá dentro tivessem pessoas comprometida com o nosso futebol, poderiam ter trazidos jogadores de baixo custo que jogam em clubes de séries B,C e D, mas tem bola para jogar na série A que nos levou a um fracasso total mais uma vez este ano no que condiz ao futebol. Não porque o jogar está em equipes de séries inferiores que ele não tenha categoria para jogar em um clube de série A, muito pelo contrário tem muito jogadores que estão fora da série A, mas jogam um bolão, só falta era oportunizar a estes jogadores um chance para eles mostrarem o seu futebol na vitrine da bola e isso o DIF não viu e errou demasiadamente nas suas contratações e até contratações que pelo visto foram abduzidas da Baixada como o caso do meia Barrientos que sumiu e nem relacionado para ficar no banco e ele aparece. E isso será que é falta de visão do Cristóvão ou mais um jogador comprado por vídeo e não observado com mais profissionalismo? Isso que eu questiono no âmbito do nosso futebol, tem um Departamento de gente amadora no comando do nosso futebol e aí a minha indignação com o MCP que relegou a um bando de incompetentes o coração atleticano.

E por este aspecto, o meu desejo independente de quem seja vencedor, tenha consciência que teremos um patrimônio para ser bem administrado, dívidas a serem quitadas de forma a não mais expor o clube a situações ridículas que estavam sendo comentadas pela nossa ‘mui amiga imprensa’ e trazer novamente para dentro do clube o futebol que sempre nos caracterizou. De muita raça, aguerrido e responsável. Para mim é o que mais interessa que os próximos gestores consigam realizar. Que administrem bem o clube no âmbito administrativo e que nunca relegue o futebol atleticano.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…