O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
4 nov 2015 - 13h55

Polêmicas à parte, mas e o nosso futebol, Petraglia?

Após o retorno do Presidente do Clube da Europa que foi para saber sobre o custo, os tipos, as condições que a grama sintética da ao jogo e aos jogadores e a tecnologia destas gramas sintéticas, a polêmica reascendeu entre os torcedores do clube.

Alguns apoiam a iniciativa outros rejeitam, mas no fundo o que deve ser questionado são os motivos que não estão esclarecidos para este novo procedimento que vai agregar um custo desnecessário ou até como alguns acham necessário, mas a incógnita é porque na reconstrução da Arena não se pensou nesta possibilidade de haver algum problema com a implantação da grama natural na Arena cujo projeto previa ou não no momento o teto retrátil e com sua instalação não se pensou que isso de certa forma impediria a entrada de luz natural dentro do estádio?

E ninguém está se perguntando. Porque não foi pensado no momento da obra e agora está sendo cogitada a instalação de gramado sintético?

Em particular não consigo decidir sobre o assunto, já que existem opiniões diversas e conflitantes de especialistas sobre a utilização deste tipo de piso para a prática do futebol profissional. Até tem uma matéria em jornal local que fala sobre alguns estádios europeus que tem este tipo de piso sintético e mesmo assim não se consegue ter uma opinião conclusiva, já que são também divergentes as opiniões de clubes que jogaram em estádios que se utilizam do piso sintético.

Mas isso só poderá ser agora decidido após as eleições já que os grupos que irão para disputa também têm opiniões que são conflitantes e sinceramente em particular acho que para a prática do futebol, os nossos futuros jogadores irão sentir a diferença em jogar em um gramado sintético e depois fora da Arena, jogar em um gramado natural. E neste contesto temos que avaliar o custo x benefícios desta mudança. Pelo custo da sua instalação e manutenção e benefício na prática do futebol, se irá ser viável o inviável na adaptação dos jogadores. Em vista que são somente oito estádios no mundo que tem este gramado sintético e o futebol em todo o planeta é jogado em cima de grama natural até na Índia!

E baseado nesta hipótese, eu acredito que irá atrapalhar o desempenho dos atletas pelos motivos que já disse no parágrafo acima. E acredito também que se pesquisar com mais empenho, iremos também achar estádios com o mesmo padrão e muito parecido com o nosso utilizando gramado natural, viável a continuação do piso natural se for plantada uma grama adequada para este tipo de solo que existe embaixo da Arena e também com um custo de manutenção mais viável que o atual. Visto que foi tudo feito à toque de caixa o plantio e desenvolvimento deste piso natural antes da Copa que não foram adequados da forma mais técnica para o desenvolvimento do gramado.

E esclareço que não sou contra a modernização e nem a iniciativas que poderão reduzir os custos do clube, mas também temos que pensar no futebol que poderá ser prejudicado devido à adaptação e condicionamento dos jogadores em assimilarem as diferenças na competição de jogar na Arena e fora da Arena com os tipos de gramas diferentes, sendo a nossa artificial, caso ocorra a sua implantação e nos demais estádios do Brasil e do mundo o gramado é natural.

A polêmica está ai, mas como fiz questão de perguntar. E o nosso futebol Petráglia, como ficará para 2016? Será está mesma penúria ou será melhor que temos visto em campo? Isso ele não nos deixa saber, só cria é polêmicas para tirar o foco de como anda o futebol atleticano. Que neste ano não deu em nada. E troço para que o grupo que saia vencedor independente de ser situação ou oposição, pense mais no futebol e procure uma alternativa mais adequada aos jogadores que irão compor o elenco para 2016 sem que eles sintam a diferença de piso nos jogos que irão realizar pelo Clube Atlético Paranaense. Pois o final das contas, o que interessa é os benefícios que trará a manutenção de um piso natural ou a instalação de um piso artificial para a boa prática do futebol e com uma equipe técnica e qualificada para a próxima temporada.



Últimas Notícias

Brasileiro

No Maraca a gente resolve

O Athletico venceu o Fluminense no estádio do Maracanã nesta noite de quinta (17), de virada, pelo placar de 2 a 1. Quando se trata…

Fotos

Furadog, o novo membro da Furacao.com!

Saudações rubro-negras! Eu me chamo Gabriel Rodriguez Martins, tenho 23 anos e sou atleticano desde que me conheço por gente. O vermelho pulsante contrastando com…